SAMU registra aumento superior a 380% em ligações devido à Dengue no primeiro trimestre deste ano

SAMU registra aumento superior a 380% em ligações devido à Dengue no primeiro trimestre deste ano

- in Santa Catarina
302
Comentários desativados em SAMU registra aumento superior a 380% em ligações devido à Dengue no primeiro trimestre deste ano

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) registrou um crescimento de 383% em ligações para o 192 relacionadas aos casos de dengue em Santa Catarina, no primeiro trimestre de 2024. Nesse período, as oito Centrais de Regulação de Urgência (CRU) receberam 1.864 chamadas, em contrapartida foram registradas 386 ligações no mesmo período em 2023. As regiões que mais apresentaram aumento foram a Norte/Nordeste (Joinville), Vale do Rio Itajaí (Blumenau), Grande Florianópolis (Florianópolis) e Foz do Rio Itajaí (Balneário Camboriú).

De janeiro a março deste ano, a CRU localizada em Joinville realizou 747 atendimentos, seguido por Blumenau (613), Florianópolis (240) e Camboriú (214). No mesmo período do ano passado, a região de Joinville registrou 205 atendimentos, Florianópolis com 135, Blumenau com 11 e Camboriú com 6 atendimentos.

O papel do SAMU nos possíveis casos de dengue é fornecer atendimento de emergência no local ou, se necessário, encaminhar o paciente para um hospital adequado para tratamento especializado. Na Central de Regulação de Urgência (CRU), onde chegam as ligações do 192, os médicos reguladores identificam os possíveis casos e direcionam os atendimentos de acordo com os sintomas. 

Para Nicolas Klein, médico regulador da CRU de Florianópolis, o paciente supostamente com Dengue é classificado em casos de gravidade, mas dependendo dos sintomas apresentados têm diferentes direcionamentos. “Em caso de sintomas leves como, febre alta, dor de cabeça, dores no corpo e articulações e dor atrás dos olhos, nós orientamos a ir com meios próprios até Unidades Básicas de Saúde ou Unidade Pronto Atendimento – UPA”, explica. 

O SAMU geralmente é acionado em casos de emergência relacionados à dengue se o paciente estiver em uma situação crítica, como complicações graves da doença, hemorragias, dificuldade respiratória ou choque. “Durante a ligação, quando identificamos  critérios de instabilidade ou maior gravidade, acionamos a ambulância. Depois do atendimento primário, o paciente é encaminhado para os setores onde será classificado, como baixa, média ou alta complexidade. Os sintomas que causam preocupação são febre há vários dias, prostração intensa, dor abdominal e sangramento”, reforça o médico regulador.. 

Em muitos casos o SAMU também realiza transporte de pacientes entre unidades de saúde, garantindo que eles recebam o cuidado necessário o mais rápido possível.

Mais informações para a imprensa:
Gabriela Ressel e Daniela Melo
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde
(48) 99134-4078
[email protected]

www.saude.sc.gov.br

Facebook Comments

You may also like

Polícia Civil prende 25 condenados por estupro de vulnerável em Santa Catarina, Paraná e Maranhão

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Capturas da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, deflagrou a operação Guardiões da Infância em combate à pedofilia