Fogão a lenha utilização merece cuidado especial

Fogão a lenha utilização merece cuidado especial

- in São Bento do Sul
2842
Comentários desativados em Fogão a lenha utilização merece cuidado especial

É ele é essencial para aquecer residências, mas alguns cuidados devem ser tomados. É nesta época do ano que aumentam o risco de incêndios. 30% dos registros foram registrados com inicio pelo fogão a lenha
Em entrevista nesta semana o Capitão do Corpo de Bombeiros de São Bento do Sul, Edmilson Duffeck, desatacou os cuidados que as pessoas devem ter para evitar incêndios. O fogão a lenha é importante para aquecer os lares, mas deve tomar cautela em utiliza-lo.

SBS ONLINE Quantidade de incêndios registrados nos utlimos três anos ?
Capítão Duffeck) Nos últimos 3 anos , numa pesquisa em nosso Sistema desde janeiro de 2015 até hoje, tivemos em São Bento do Sul 371 ocorrências de incêndios registradas. Destas, 120 foram em edificações, as demais foram em veículos , lixo, vegetação etc…. Das 120, pudemos constatar que 36 incêndios tiveram como ponto de ignição o fogão a lenha ou a lareira. Ou seja, 30% dos incêndios e, residências tem como foco inicial o fogão à lenha.

SBS ONLINE Quais os cuidados ?

Capitão Duffeck) Antes de falar sobre os cuidados que devemos ter com relação ao uso de aquecedores, lareiras e principalmente o nosso tradicional fogão à lenha, muito utilizado em nossa região no período de inverno. Eu quero fazer referência a alguns dados apurados a nível de Estado, onde Um levantamento realizado pela Divisão de Perícias de Incêndio do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina aponta que 60% dos incêndios em edificações, acontecem em residências unifamiliares, ou seja, em casas, em moradias onde residem uma única família. Onde essas casas /moradias pela legislação, não são objeto de fiscalização do Corpo de Bombeiros Militar para serem construídas.
O número é extremamente alto quando comparados com os incêndios em residências multifamiliares, ou seja, em condomínios, os quais necessitam de vistorias e de aprovação prévia de projetos preventivos contra incêndios.

Com relação aos principais cuidados que a pessoa deve ter pára prevenir um incêndio, podemos orientar que:

_ Certifique-se que estes estejam instalados em locais seguros da casa, distantes de tubulações a gás, cortinas e móveis.
_ Não deixe objetos acumulados sobre lareiras ou próximos aos fogões à lenha, em caso de princípio de incêndio estes materiais servirão como combustível e tendem a alimentar as chamas, propagando o fogo.
_ Use material próprio para queimar em lareiras ou fogões à lenha, evitando madeira industrializada ou tratada quimicamente.
_ No caso específico de lareiras, utilize tela metálica com malha entre 2 e 5 mm para evitar que fagulhas sejam propagadas para fora do local de queima.
_ Verifique se a instalação das chaminés está em perfeitas condições e em locais seguros, mantendo distância do cano da chaminé com paredes, forros e madeiramento do telhado;
_ Não coloque lenha em excesso em lareiras e fogões à lenha. Nunca deixe o local sem antes se certificar que o fogo está extinto.
– Jamais coloque lenha para secar sobre a chapa;
_ No caso de aquecedores, somente adquira aparelhos certificados pelo Inmetro. Antes de ligá-los, verifique se não há necessidade de realizar algum reparo ou manutenção dos equipamentos.
_ Aquecedores a gás precisam ser aprovados junto ao corpo de bombeiros militar (exceção quando instalados em edificações unifamiliares) e instalados por profissionais com responsabilidade técnica.
_ Não coloque roupas, utensílios ou objetos sobre os aquecedores.
Estas são algumas recomendações que podem evitar um incêndio!!

SBSON LINE Além de incêdio outro fator eminente de risco são os residuos como fumaça que podem causar intoxicação e conseguente a morte conforme ja registrado no passado em nossa cidade ?

Duffeck) Recomenda-se sempre que se mantenha entradas de ar em ambientes com fogo de lareira, fogões à lenha e aquecedores. O ar nesses locais precisa ser renovado, evitando risco de morte por intoxicação com monóxido de carbono – CO, ou mesmo por asfixia em razão do consumo de oxigênio do ambiente. Obviamente que nas lareiras e fogões, devido ao chaminé que possibilita a saída dos gases, esse problema é diminuído, porém mesmo assim recomenda-se ter uma abertura de ventilação para renovação do ar.
Jamais utilize recepiente com fogo tipo “LAREIRA PORTÁTIL” em ambiente sem ventilação, como dito, os gases liberados pela queima consomem o oxigênio do local e a pessoa acaba sentindo sonolência e desmaia sem perceber, sendo morta por axfixia.

SBS ONLINE) Outro cuidado importante Edmilson Duffeck é relacionado as crianças que podem sofrer queimaduras no caso de fogão a lenha ?
Duffeck Exatamente, nos dias de hoje não é tão recorrente esse tipo de ocorrência, mas ainda acontece de crianças se queimarem colocando a mão na chapa do fogão ou em caso de crianças muito pequenas se escostarem na parte externa do fogão e sofrerem queimaduras. Já tivemos vários casos de crianças com queimaduras em decorrência do uso do fogão à lenha. Nesse contexto, orientamos que JAMAIS permitam que crianças alimentem lareiras ou fogões à lenha. Além disso, elas devem manter distância de segurança destes locais.

SBS ONLINE É muito tipico em nossa região pessoas utilizarem do fogão a lenha para secar roupas, outro risco iminente de incêndio?

Duffeck) Isso mesmo, em dias chuvosos e úmidos é comum utilizar-se do calor do fogão á lenha para secar roupas, prática eficiente mais muito perigosa, pois uma peça de roupa que se desprenda do varal e caia sobre a chapa do fogão pode incendiar-se e as chamas propagar-se para as demais peças de roupas do varal e por consequência alcançar o forro da residencia dando início a um incendio.

PORTANTO, recomenda-se muito cuidado com essa prática, pois inúmeros incêndios tiveram origem pela instalação de um varal sobre o fogão à lenha, ou até mesmo a instalação de cortinas na janela que acaba superaquecendo ou até se desprendendo e atingindo a chapa dando ao incêndio.

SBS ONLINE Em caso de inicio de incêndio qual é a prioridade?
Duffeck – Após constatar um princípio de incêndio em residencia, primeiramente alerte todas as pessoas a sairem do local, imediatamente ligue para o Corpo de Bombeiros através do telefone 193. Se for apenas um princípio de incêndio, busque desliguar o dijuntor de energia elétrica, se possível afaste todo material combustivel das imediações . Se for constatado no início e você tiver condições, pode tentar controla-lo com um extintor de incêndio ou uma mangueira de jardim. Caso o incêndio já tenha tomado uma certa proporção, recomenda-se afastar-se do local e aguardar a chegada do CBM;

Edmilson Duffeck destaca a Conscientização
A palavra é CONSCIENTIZAÇÃO: é preciso que tenhamos ciência da importância de tomarmos atitudes preventivas e de segurança contra incêndios dentro de nossas casas. “Um eletrodoméstico esquecido ligado, uma tomada de energia com sobrecarga, o superaquecimento em fritadeiras, aquecedores elétricos, chuveiros, velas esquecidas acesas, ou mesmo o incorreto uso de um fogão à lenha/lareira, são cuidados básicos que temos tomar em nossas casas, sob pena fornecermos condições para um incêndio de grandes proporções e com grandes prejuízos.. Trabalhamos sempre de forma preventiva, mantendo sempre a filosofia de que não há mérito em combater um incêndio que poderia ter sido evitado,” Corpo de Bombeiros Militar de São Bento do Sul “trabalhando sempre em defesa da vida e da preservação do patrimônio”

Casal destaca importante do Fogão a lenha
O casal Fredolino Rosa Batista, 73 anos e Maria Rosa Batista 68, residentes em Serra Alta não deixam de utilizam o bom fogão a lenha. Para eles o fogão no inverno é fundamental para aquecer a residência “A gente utiliza sim aquece, mas tomamos muito cuidado”, diz
Acompanhou a visitou Sargento Greffin, que verificou que o fogão a lenha está dentro das condições de uso. O casal ficou satisfeito com a visita e informaram que todo o alerta é importante

Facebook Comments

You may also like

Procon busca prevenir golpes em idosos

GERAL  “”Para ajudar idosos a evitarem essas investidas, o