Atendimentos especializados do TJSC às vítimas de crimes aumentam 26% em 2024 

 Atendimentos especializados do TJSC às vítimas de crimes aumentam 26% em 2024 

- in Santa Catarina
265
Comentários desativados em  Atendimentos especializados do TJSC às vítimas de crimes aumentam 26% em 2024 

A Central Especializada de Atendimento às Vítimas de Crimes, de Atos Infracionais e de Violência Doméstica e Familiar (CEAV), do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), atendeu 87 pessoas de 1º de janeiro a 17 de abril deste ano. Isso representa um aumento de 26,09% em relação ao mesmo período do ano passado.

Dos 87 atendimentos, 29 foram pedidos de medida protetiva de urgência. Houve atendimentos para pessoas em situação de rua, pessoas com deficiência e uma mulher trans que teria sido vítima de uma tentativa de feminicídio. Nestes primeiros meses, 97% das pessoas que procuraram o serviço eram mulheres.

“Criada em 2022, a CEAV está ficando cada vez mais conhecida e, por isso, cada vez mais procurada”, diz a servidora Ivone Ester Vidal Borges. Com equipe técnica multidisciplinar, o serviço acolhe, orienta e encaminha as vítimas e seus familiares para a rede de serviços públicos, especialmente os de assistência social, saúde mental e assistência jurídica, por meio do Balcão Virtual.

Além disso, funciona como canal especializado para o recebimento de pedidos de medida protetiva de urgência, direito previsto na Lei Maria da Penha. Nesses casos, a CEAV peticiona, protocola e está habilitada para ajuizar ações em todo o Estado. A partir daí, depois das orientações, a missão se encerra. 

“Temos todo o cuidado para não interferir na atividade jurisdicional”, esclarece Ivone Ester. Ela ressalta que, se a pessoa precisar da CEAV depois dessa etapa, a equipe irá ensinar, passo a passo, como ela pode acompanhar o processo, num trabalho que dá autonomia e segurança. Acesse mais informações.

Quem pode requisitar o serviço  

Vítimas diretas de crimes ou atos infracionais e violência doméstica e familiar. Vítimas indiretas de crimes ou atos infracionais e violência doméstica e familiar, como cônjuges, companheiros, companheiras, familiares em linha reta, irmãos, irmãs e dependentes, cuja lesão tenha sido causada por um crime ou ato infracional. 

Facebook Comments

You may also like

Governo do Estado reforça Polícia Científica com 42 novos servidores para atuar no trabalho de perícias

Esta iniciativa visa fortalecer a capacidade operacional e técnica da instituição, com especialistas em odontologia legal, medicina legal, perícias criminais gerais, bioquímica, engenharia, áudio e imagem.