Anderson Furtado: Dedicação e paixão por Bandas e Fanfarras

Anderson Furtado: Dedicação e paixão por Bandas e Fanfarras

- in Personagem da Semana
1895
Comentários desativados em Anderson Furtado: Dedicação e paixão por Bandas e Fanfarras

Natural de Rio Negrinho, Anderson é destaque em comandar fanfarras e bandas em toda região

Nome Completo: Anderson Furtado
Natural: Rio Negrinho
Idade: 37 anos

SBS ONLINE
O que fez quando criança, brincadeiras e estudo, e o brinquedo que mais lhe marcou?
Anderson Muito bom recordar esse tempo. Minha infância foi diferente do que presenciamos nos dias de hoje. Quando criança, aproveitamos muito aquelas brincadeiras sadias, algumas como: Esconde esconde, pega pega, jogávamos peca, rodas de brincadeiras, fabricávamos perna de pau, pipa e pé de lata etc. Iniciei meus estudos na EBM Ricardo Hoffmann do pré a 8ª série. Durante a semana estudava meio período e a tarde meus pais me colocaram em várias atividades como (Karatê, Futebol de campo, futsal e na época Fanfarra da escola) Como qualquer outra criança meu brinquedo até certo tempo foi a bola (na época entre um grupo de garotos fui secionado por olheiros para passar por teste no time do Atlético Paranaense) como sou filho único e muito apegado aos meus pais acabei não participando dos teste. Nesse mesmo período também participava da Fanfarra da Escola Ricardo Hoffmann, mais tarde passando a denominar-se Banda Marcial Ricardo Hoffmann onde participei por 12 anos. No ensino médio cursei o 1º e 2º ano no Colégio Jorge Zipperer e o 3ºano no Colégio Manoel da Nóbrega.

SBS ONLINE
E seu primeiro emprego?
Anderson Minha primeira experiencia com Bandas foi em 1997 e 1998 a convite do Professor Antônio Fagundes o qual também era meu professor da Banda. Sempre fui um aluno curioso e disposto a ajudar, procurei apreender tudo que era feito dentro de uma Banda. Nestes dois anos acompanhei o Professor Antônio em outras Bandas no município de Rio Negrinho nas quais atuava para fazer como se fosse um estágio buscando conhecimento para minha primeira atuação. Em 1999 também a convite do Professor Antônio na Banda Marcial Adélia Lutz em São Bento do Sul (na época Fanfarra) surgiu a primeira oportunidade de lecionar. Fui contratado como Professor de Prática Instrumental.

SBS ONLINE
Formação?
Anderson Curso Técnico Fundamental em Trombone de Vara e Teoria Musical
Licenciado em Música pela Universidade Metropolitana de Santos

SBS ONLINE
O motivo de sua paixão pelas fanfarras?
Anderson Nunca imaginei fazer parte de uma Banda ou Fanfarra. Quando assistia aos ensaios ficava atento, achava bonito. A paixão foi crescendo a cada ano, representar sua Escola, sua comunidade e seu município sempre foi maravilhoso. Não temos dimensão do tamanho desta paixão, mais tudo isso foi sendo construído com as regras, disciplina, organização, socialização e responsabilidades que sempre foram dadas e cumpridas à risca.

SBS ONLINE
Quais escolas que você ofereceu o projeto?
Anderson: SÃO BENTO DO SUL
Banda Marcial Adélia Lutz
Banda Marcial Dalmir Pedro Cubas
Banda Marcial Rodolfo Berti
Banda Marcial Coronel Osny
Banda Marcial Denise Christiane Harms (atuando)
Banda Marcial Lúcia Tschoeke
Banda Marcial Castelo Branco
Banda Marcial São Bento (atuando)
Banda de Percussão Marcial Orestes Guimarães
Fanfarra Celso Ramos Filho
Fanfarra Engelberto Grossl

RIO NEGRINHO
Banda Marcial Ricardo Hoffmann

CAMPO ALEGRE
Banda Municpal de Campo Alegre (atuando)

SBS ONLINE
Qual importância da fanfarra na vida dos jovens?
Anderson: Vivemos em uma época conturbada onde a tecnologia abriu um espaço gigantesco e deixou as atividades educacionais, culturais e sociais em segundo plano. A importância das Bandas e fanfarras é fazer com que os alunos sejam capazes de cumprir regras, comportamento, resgatar valores, melhorar sua auto-estima, despertar a sensibilidade o respeito por si e pelo próximo, valorizar o trabalho em grupo, desenvolver o espírito de liderança, comprometimento, disciplina, respeito além de desenvolver o gosto pela música, ritmos e dança.

SBS ONLINE
Quantos e quais os instrumentos para formar uma boa fanfarra?
Anderson: Para se montar uma Banda ou Fanfarra pode se seguir algumas formações.
Banda de Percussão Marcial: 4 Bumbo, 4 caixa, 4 pratos e 1 quadriton
Banda Marcial: 12 trompetes, 4 trombones, 2 euphonium, 2 tubas, 4 bumbo, 4 caixa, 4 pratos, 1 quadriton, Essa relação não é uma regra, tudo vai depender da necessidade e do valor a ser investido.

SBS ONLINE
Hoje os municípios estão incentivando essa pratica?
Anderson Não! Alguns estados e municípios são destaques na questão incentivo, investimentof e valorização, em nossa região, a realidade infelizmente não segue a mesma linha. Enquanto no século passado, década de 90 as Bandas e Fanfarras de São Bento do Sul, Rio Negrinho e Mafra viveram épocas de glórias sendo destaque a nível estadual, nacional e até internacional nos dias de hoje caíram no esquecimento. As Bandas e Fanfarras, são mais que atrações em desfiles ou até mesmo em festas comemorativas, pois possui um papel muito importante na formação dos alunos. Ao passar dos anos, o incentivo à criação de novas bandas e fanfarras praticamente inexistiu, e a manutenção das existentes fica cada dia mais difícil, principalmente pela falta de divulgação e de incentivo à música. Nossos administradores precisam olhar diferente, entender melhor como funciona, buscar incentivos, apoios, investimentos, efetivação dos profissionais, capacitações etc.

Facebook Comments

You may also like

Ricardo Otto completa 35 anos na Rádio São Bento

Radialista Ricardo Otto completou 35 anos de Rádio São Bento 90.3