Batista Borracheiro dedicado às causas sociais

Batista Borracheiro dedicado às causas sociais

- in Personagem da Semana
905
0

Ele conta um pouco de sua vida, alegrias e frustrações, mas sempre de bem com a vida.

Se perguntarem no Bairro Centenário ou Brasília quem é José Leopoldo Batista, poucas pessoas saberão responder, mas se perguntarem quem é Batista Borracheiro, a resposta virá logo. Pessoa criativa de bom humor sempre e o que mais importante de estender a mão ao próximo. Mesmo que muitas das vezes para quem ele deu a mão, acabou se decepcionando, mas nem isso é motivo para ele desanimar.

Batista releva que sua vida não foi fácil.Era acordar cedo e dormir tarde para ajudar os pais.

Era na infância que ele jogava bola na chamada estrada dos Polacos, em um campinho, onde anos mais tarde passou a se chamar Rua Alberto Torres. “Aquilo sim que era infância, era muita diversão, bola e banho de rio, hoje isso não existe mais”, lamenta.

Começou a trabalhar com 13 anos na Condor, e lembra que nos finais de semana podia brincar de carrinho o qual guarda até hoje. “ainda brincava no sábado e domingo e sobrava tempo para trabalhar na roça, plantando milho, feijão e aipim”, explica.

E foi no primeiro emprego que teve a oportunidade de comprar sua primeira bicicleta. Comprou graças seu amigo Ricardo Malinosky, segundo Batista foi graças a ele que aprendeu dar valor aos bens, pois a bicicleta foi comprada em quatro parcelas e somente na última a bicicleta foi entregue. “Só tenho a agradecer por isso, dei valor a cada parcela e não via chegar o final do mês para quitar todas elas”, argumenta

Batista também atuou na Artemetal 3 anos na solda elétrica fazendo portal grade , depois Geanir, Artemental, Bbuddmeurt e Hermes Macedo um dos primeiros funcionários. “Era um verdadeiro Shopping para São Bento do Sul e região”, comenta

Em 2008 tentou uma vaga na Câmara de Vereadores, fez 201 votos. “Pena que a população não me elegeu vereador, tinha muitos planos aqui para o Bairro Centenário, aqui mesmo na borracharia iria fazer o escritório do povo. Mais os 201 votos que tive foram pela mudança e pelo respeito. Quem perdeu foi o bairro Centenário e não eu. Foram votos pelo reconhecimento”, revela Batista que não tem mais vontade de ser candidato. “Quem sabe um dia a população vote em candidatos humildes, no passado isso ocorria, hoje não mais”, revela,

Duas décadas da Borracharia

Sua Borracharia situada na as margens da Augusto Wunderwald tem atuação há quase 20 anos e é mais que uma borracharia é um ponto de encontro dos moradores. “Aqui colocamos a conversa em dia, sempre os principais acontecimentos do bairro e de São Bento do Sul “, argumenta no local Batista além da Borracharia possue coleção de rádios antigos e canetas

Batista destaca ainda suas filhas Carolina. Maria Helena e Sabrina, bem como sua esposa Janete que sempre lhe apoiam. “A família é tudo e só tenho agradecer por isso”,

Dedicado as causas sociais

Por várias anos seguidos Batista realizou doações de cestas básicas e se vestia de Papai Noel para entregar Cestas Básicas em um final de ano foram 60 no total. Além de uma escadaria que há anos era um pedido da comunidade ligando a Wunderwald com a Alberto Torres. “Foram bons momentos que ficam guardados na memoria, principalmente motivado em fazer algo pelo próximo. É verdade que em muitas das ações sociais fiquei desolado com a atitude de duas pessoas, o que até hoje me deixam um tanto quanto chateado, mas sem perder a esperança de fazer um bairro melhor e contribuir para São Bento do Sul”, diz

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Sandro dos Santos é destaque no setor de Transportes

Funcionário público concursado atua na prefeitura de São