Linda Tomelin a voz marcante e feliz da 89 FM

Linda Tomelin a voz marcante e feliz da 89 FM

- in Personagem da Semana
2211
Comentários desativados em Linda Tomelin a voz marcante e feliz da 89 FM
https://www.instagram.com/mundocondor
Linda Tomelin é personagem da semana/ Portal SBS ONLINE

Linda Tomelin. Radialista e jornalista.
Personagem da Semana Portal SBS ONLINE
1) Nome completo:
Lindanir Helena Tomelin

2) Natural de qual município:
Doutor Pedrinho/SC

3) Como eram suas brincadeiras quando criança:
Quando nos mudamos para São Bento do Sul eu tinha um ano e meio de idade.
Sou a filha caçula de seis irmãos e que começaram a trabalhar cedo, por isso, meus colegas de diversão na infância, eram as crianças da mesma idade na vizinhança, no bairro Cruzeiro.
A animação era garantida com o mascote da família o Lulu. Mas tinha também o tal de brincar de casinha, boneca, esconde-esconde, e por incrível que pareça, uma das brincadeiras favoritas era, junto da amiga Vilma, brincar de rádio, eu era a locutora e ela a ouvinte rsrs.

4) O primeiro emprego
Comecei a trabalhar aos 12 anos em um supermercado.
Fazia de tudo: Limpeza, reposição, pacote e mais tarde operadora de caixa.

5) Como ocorreu tua ida para a 89 FM:


Trabalhei no supermercado até os 17 anos, depois segui atuando no comércio em lojas de confecções e posteriormente em materiais de construção.
Sempre fui muito expansiva e por inúmeras vezes ouvia elogios sobre a minha voz e que deveria buscar algo na área da comunicação.
Quando a 89 FM estava para inaugurar as transmissões em São Bento do Sul recebi um convite para fazer um teste para trabalhar na locução, mas não fui.
Tempos depois, comecei a gravar comerciais para a Código Z, na Sociedade Ginastica e Desportiva São Bento, o proprietário e Dj da casa, Luiz Carlos Zappa, muito me incentivava para tentar entrar em uma emissora de rádio. Mas eu sempre declinava da ideia.
Passados alguns anos, recebi um convite de Marcelo Pilat, cliente da loja que eu trabalhava na época, para fazer uma gravação em um estúdio de comerciais de um amigo dele na cidade (Ney Maia). Marcamos as gravações e, graças à Deus, deu super certo!
Trabalhei, como freelancer, por cinco anos na Unnica Áudio Produções, com Ney Maia e Emílio Lemke.
Ali fiz centenas de trabalhos sonoros: esperas telefônicas, jingles, locução para vídeos, filmagens e spots comerciais.
Minha voz foi ficando bem conhecida em toda a região.
Fui me aperfeiçoando, fiz cursos em Curitiba e Joinville, me apaixonando ainda mais pela comunicação, pelo rádio e querendo viver desse ofício.
No mesmo período, a locutora que estava no ar na 89 FM, Eneide Longo Eckel, se desligou da empresa e eu recebi o convite da diretora, Dona Mariazinha Tureck, para fazer um piloto (um tipo de teste) para ser a nova voz feminina da emissora; aprovada, fui contratada.

6) O primeiro dia na emissora certamente você nunca esquece, ficou nervosa? Deu aquele frio na barriga?


Haha deu simmm. Inesquecível mesmo.
Fiquei acompanhando a locutora uns dois dias só nos bastidores. No terceiro dia, ela disse agora vou abrir o microfone e você fala a hora: “89 FM, meio-dia e 21” falei apenas isso e senti o coração bater mais forte.
Sabe amor a primeira fala? Rsrs Foi mais ou menos assim.
O Mister Jota, me acompanhou por uma semana no ar, passando as coordenadas. Depois assumi a mesa de som e a comunicação, completados em 2022, 20 anos de trabalho na 89 FM.

7) Teria ideia de quantas horas no ar?
Em torno de 40 mil horas.

8) O que representa seus ouvintes?
É neles que penso toda a vez que abro o microfone e falo sorrindo. Tenho muito carinho e respeito pelo meu público.
O rádio muitas vezes é a companhia de quem está só e isso acaba gerando uma proximidade muito forte com quem está do outro lado do aparelho, computador, ou smartphone.
As ondas do rádio me deram além de ouvintes, verdadeiros amigos.

09) E a formação em jornalismo?
O jornalismo sempre foi um sonho.
Aos 13 anos, trabalhando e estudando no Colégio Celso Ramos Filho, em Oxford, tinha o desejo de um dia cursar a faculdade de comunicação social.
Anos mais tarde, já trabalhando na 89 FM, pude estudar na Faculdade Ielusc, indo para Joinville, de segunda à sábado; após quatro anos me formei.

10) Da formação para a atuação na área, como foi?


A 89 FM é uma rádio com responsabilidade social, sempre teve quadros informativos distribuídos na programação, mas não tinha um espaço dedicado especificamente ao jornalismo.
Formada na área, levei a proposta de um programa de rádio jornalismo com foco em informações locais e espaço para os ouvintes e entidades divulgarem suas ações em prol da comunidade de São Bento do Sul e região.
O projeto foi muito bem acolhido pelas diretoras Dona Mariazinha e Ana Paula, nascendo, assim, em 09 de abril de 2.013 o: 89 Notícias.
Ao meu lado na produção e apresentação, desde o início do rádio jornal, o comunicador, Ney Maia.

11) O que representa o rádio em sua vida? Algum momento inesquecível.


Difícil desvincular o meu lado profissional da minha vida pessoal, tanto que quando falo que sou a Linda, já ouço: “a Linda da rádio?”.
Trabalhar na 89 FM me proporcionou momentos inesquecíveis.
Aprendi a gostar deste meio de comunicação com os meus pais. Minha mãe, Licina, costureira, tinha sempre o rádio como companhia.
Meu pai, Galdino, motorista de caminhão, também dava carona para o seu programa de rádio favorito pela estrada, enquanto labutava o pão de cada dia.
Os dois (hoje falecidos) sabiam do meu desejo em trabalhar na 89 FM e quando me tornei radialista pude desfrutar da grande alegria que foi isso para eles também. Quando cheguei em casa contado a novidade, nos abraçamos e choramos de emoção. Um momento inesquecível, gravado no meu coração.
Outro momento especial, foi receber, em Florianópolis, o prêmio estadual como a voz mais bonita de Santa Catarina no rádio, “O Microfone de Ouro”, da Acaert – Associação Catarinense de emissoras de Rádio e Televisão.

12) Algumas informações pessoais do dia a dia:


Time preferido ?
Times: Jec, Figueirense e Corinthians.
Comida preferida ?
Italiana que sou, tenho uma queda por massa.

O que não pode faltar na sua casa ?
Leveza, tranquilidade e café (descafeínado de preferência) rsrs

O que não pode faltar no trabalho ?
Cooperação, cada um é uma peça importante da engrenagem.

Gato, cachorro, ou bichinho de pelúcia?
Cachorro, gato e todos os bichos vivos cheios de saúde e bem cuidados! Amo os animais! Tenho um cachorro e vários gatos. Gostaria que todos percebessem que esses pequenos seres merecem respeito e cuidados. Aproveito e parabenizo o trabalho desenvolvido bravamente pelas Ongs de nossa cidade em prol dos animais.

Signo ?
Libra

Um desejo?
Conhecer a Itália.

Paia ou mato?
Mato.

Uma frase?
Vida simples.

Facebook Comments

You may also like

Ex-prefeito Magno Bollmann comemora 80 anos

Magno administrou São Bento do Sul em duas gestões. É idealizador do Parque Natural das Aves em Rio Natal é Engenheiro agrônomo e pós-graduado em engenharia ambiental.