Produção de morango agrega valor ao turismo

Produção de morango agrega valor ao turismo

- in Campo Alegre
1921
1

Produção de morango, framboesa e mirtilo traz incremento de renda ao município, turismo e as famílias produtoras

Campo Alegre

O município de Campo Alegre não tem perdido oportunidades quando se fala em produção agrícola e turismo, que caminham juntos, valorizando os produtores e fazendo com que o próprio município tenha destaque cada vez mais no cenário regional e estadual.

A há três anos a família Baechtold, iniciou a plantação de Morango e amora. A produção de morangos chega a quase meia toneladas ao mês. O produto é comercializado especialmente para turistas que veem de Joinville e passam os finais de semana em Campo Alegre. Por ser rota e fácil acesso na SC-418 quilômetro 51, bem na divisa dos municípios de São Bento do Sul e Campo Alegre a família Baechtold da oportunidade do comprador colher os morangos em umas das estufas. Também geleias da fruta são comercializadas e a entrega do produtos nos principais comércio de São Bento do Sul. Segundo a família Baechtold são pelo menos seis mil pés de morango. Tudo é produzido com amor e carinho por Rose e Romeu Sérgio. Já o Mirtilo a produção da fruta vinda do Rio Grande do Sul é de responsabilidade de Reinaldo Baechtold Filho. O quilo do morango é de R$22 reais

O Mirtilo é outra fruta produzida no local, assim como a amora fruta também comercializada para fazer doces e sucos. Para quem deseja mais informações o telefone da Morangos Campestre e 98429 8618 e 3634 3142

Turismo e Renda, destaca Gilson Brunnquel

De acordo com Gilson Brunnquell engenheiro agrônomo, da prefeitura de Campo Alegre, do mês de dezembro aumenta significativamente a colheita de morangos e outras frutas no município que contém 60 produtores cadastrados somente de morango, Outros cinco cultivam Mirtilo e a existe um produtor de Framboesa.

Segundo Gilson são pelo menos três mil pés em produção no município, com venda garantida para os municípios da região como Jaraguá do Sul e Joinville. O valor vai de R$15 reais o quilo para o morango convencional e a partir de R$18 em média para o morango orgânico.

“Verificamos um aumento na produção e mais pessoas na plantação. A plantação nas estufas temos observados que geralmente são de responsabilidade da esposa e filhos dos produtores rurais, para agregar renda para a família produtora, bem como incrementar o turismo!, destaca.

O setor da agricultura, Sindicado Rural, através Epagri e Prefeitura desenvolvem cursos e presta suporte aos produtores
sbsonline.com.br todos os direitos reservados

Facebook Comments

1 Comment

  1. Na pagina indicada a seguir – https://www.turismoemsaobento.sc.gov.br/download.php?id=1831 há matéria sobre o Plano municipal de turismo São Bento do Sul-2025, com menção à ações de média prazo( 2018 a 2020).
    Tais ações, principalmente nesse período -2018 a 2020- especificadas sumariamente no tópico “ fase 4” permitem melhor avaliar o realizado pelo poder publico municipal, lembrando que o site esclarece em “ Missão “ que o objetivo é “ Promover o desenvolvimento do turismo de São Bento do Sul de forma sustentável e integrada, proporcionando experiências inesquecíveis e em “ visão” o objetivo é “ Ser referência nacional, em 2025, como um destino turístico sustentável,diversificado e integrado “
    O site https://www.saobentodosul.sc.gov.br/desenvolvimento-economico-e-turismo da
    SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO . O texto esclarece que “ Tem por base fomentar a geração de emprego e renda, promover o cooperativismo, empreendedorismo, capacitação tecnológica, pesquisa e inovação, facilitação ao crédito, rede de apoio industrial, comercial e de serviços e inclusão social “
    A ata 135 (file:///C:/Users/PauloA.Accorsi/Downloads/Convoca%C3%A7%C3%A3o%20(2).pdf) não trata especificamente sobre geração de empregos e aperfeiçoamento de quadros no setor de turismo

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Vereadora Carla Hofmann está divulgando o projeto na Região

Procuradoria da Mulher apresentada em Campo Alegre Na