Três regiões de SC estão com 100% de ocupação dos leitos de UTI Adulto

Três regiões de SC estão com 100% de ocupação dos leitos de UTI Adulto

- in Santa Catarina
373
Comentários desativados em Três regiões de SC estão com 100% de ocupação dos leitos de UTI Adulto

Os dados do painel de leitos de Unidade de Terapia Intensiva do Estado foram atualizados nesta segunda-feira (1)

UTI neonatal do Hospital Regional de São José | Foto: Secretaria de Estado da Saúde/Divulgação
UTI neonatal do Hospital Regional de São José | Foto: Secretaria de Estado da Saúde/Divulgação

A taxa de ocupação de leitos para adultos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), chegou a 100% no Vale do Itajaí, na Foz do Rio Itajaí e no Grande Oeste de Santa Catarina. Os dados são do painel de leitos de Unidade de Terapia Intensiva do Estado divulgados nesta segunda-feira (1).


Veja a situação de leitos de UTI adulto

Três regiões de SC estão com 100% de ocupação dos leitos de UTI Adulto

Conforme os dados do painel, atualizado às 11h desta segunda-feira (1º), o Vale do Itajaí tem 160 leitos ativos, com 100% de ocupação para adultos. Enquanto a região da Foz do Rio Itajaí está sem vagas de leitos neonatais e adultos nas UTI’s.

Além disso, as demais localidades registraram cerca de 90% de ocupação neonatal nas UTI’s. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), os hospitais de grande porte que atendem pelo SUS são centros de referência para procedimentos de alta complexidade e oferecem acesso a todas as especialidades médicas.

“É comum que as Unidades de Terapia Intensiva tenham uma taxa de ocupação geralmente superior a 80% nesses hospitais. As unidades possuem capacidade instalada para operar neste modelo. o aumento pela demanda de leitos está relacionado ao crescimento de casos de doenças infecciosas virais”, afirmou a Secretaria de Estado da Saúde.

Saiba a porcentagem da ocupação das UTI’s Neonatais

Três regiões de SC estão com 100% de ocupação dos leitos de UTI Adulto

A região do Grande Oeste está sem novas vagas de leitos neonatais e pediátricos na UTI. Já no Meio Oeste e Serra catarinense, há apenas um leito disponível.

Veja a porcentagem da ocupação dos leitos pediátricos em cada região

Três regiões de SC estão com 100% de ocupação dos leitos de UTI Adulto

Segundo a plataforma de dados, na região do Grande Oeste, a taxa de ocupação também chegou a 100% nos leitos pediátricos, sem leitos disponíveis.

O que diz a Secretaria de Estado da Saúde

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde informou que nesta segunda-feira (1º) o Painel de Leitos de UTI indica que há, no Estado, 111 leitos de UTI disponíveis, sendo 52 adultos, 30 neonatal e 29 pediátricos, porém, esses números estão sujeitos a variações constantes.

Veja a nota na íntegra

“O Governo do Estado, junta à Secretaria de Estado da Saúde (SES) tem investido de forma permanente na saúde, um trabalho que vem ocorrendo desde o início da gestão. Somente no ano passado foram abertos 150 leitos de UTI. Destes, 41 pediátricos, 53 neonatais e 52 adultos. O objetivo é chegar aos 170, garantindo o atendimento pleno aos pacientes graves. Os leitos estão distribuídos em diversas regiões, garantindo acesso amplo aos serviços de saúde.

Ressalta-se que nesta segunda-feira, 01 de abril, o Painel de Leitos de UTI indica que há, no Estado, 111 leitos de UTI disponíveis, sendo 52 adultos, 30 neonatal e 29 pediátricos. Vale ressaltar que esses números estão sujeitos a variações constantes. Os pacientes internados possuem diferentes patologias, além disso são oriundos principalmente da porta de urgência e emergência, da traumatologia e da cardiologia.

No ano de 2023, foram abertos, pelo Governo do Estado no região do Vale do Itajaí, 2 leitos neonatais no Hospital Santa Catarina e 10 neonatais no Hospital Santo Antônio, em Blumenau, além de 21 leitos pediátricos, 10 neonatais e 10 leitos para adultos no Hospital Imigrantes, e outros 6 neonatais e 10 leitos para adultos no Hospital Azambuja, em Brusque.

Além disso, o sistema hospitalar público de Santa Catarina funciona em rede. Quando não há vaga em um hospital, busca-se leito, via Regulação, em outros hospitais, primeiro na região e depois fora dela.

Os hospitais de grande porte que atendem pelo SUS são centros de referência para procedimentos de alta complexidade e oferecem acesso porta aberta a todas as especialidades médicas. Consequentemente, é comum que as Unidades de Terapia Intensiva tenham uma taxa de ocupação geralmente superior a 80% nesses hospitais. As unidades possuem capacidade instalada para operar neste modelo”.

Facebook Comments

You may also like

Santa Catarina registra 30 municípios afetados pelas chuvas e sete em situação de emergência

Quanto aos danos e prejuízos, chegaram a 194 pessoas desalojadas, sendo 20 no município de Biguaçu, duas pessoas em Imbituba, duas pessoas desalojadas em Tubarão, 120 desalojadas em Paulo Lopes, e já em Palhoça 50 desalojados e 11  desabrigados.