Sepultado em Rio Negrinho primeiro detento com Covid 19 em SC

Sepultado em Rio Negrinho primeiro detento com Covid 19 em SC

- in Rio Negrinho
376
0

Santa Catarina registra primeira morte de detento por Covid-19
Interno estava na Unidade Prisional Avançada de Itapema e ficou internado desde terça-feira. Ele tinha 50 anos. Foi sepultado na manhã de hoje no Cemitério Jardim Parque da Colina em Rio Negrinho
Santa Catarina registrou nesta sexta-feira (19) a primeira morte de detento por Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP).
O interno tinha 50 anos e estava preso na Unidade Prisional Avançada de Itapema, no Litoral Norte. No sistema prisional do estado, são 68 registros de infecção pelo novo coronavírus, sendo 39 servidores, cinco funcionários, 23 presos e um adolescente que cumpre medida socioeducativa.

Conforme a SAP, o preso apresentou sintomas no domingo (14), recebeu atendimento médico e, no dia seguinte, fez o teste com resultado negativo para Covid-19. Na terça (16), ele voltou ao hospital, ficou internado e morreu nesta sexta. O novo coronavírus foi detectado na segunda testagem.

Após o caso, agentes penitenciários e demais internos da UPA de Itapema foram testados, sendo que dois detentos e quatro servidores contraíram a infecção. Os dois presos estão em isolamento na unidade e os agentes, em isolamento domiciliar. As áreas internas e externas passaram por novo procedimento de desinfecção.

Quem era o detento
Antonio Sérgio Feliciano foi condenado pelo crime ocorrido no dia 15 de maio de 2017 em Rio Negrinho, quando matou sua amante. Ele foi condenado pelo crime de homicídio triplamente qualificado.
Sua pena foi estipulada em 13 anos, setes meses e 10 dias em regime fechado.

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Ladrões jogam produtos de furto em rio

A equipe adentrou a mata e pode observar o local utilizado para a fuga. Em acompanhamento aos sinais e rastros deixados localizou e recuperou vários bens furtados escondidos na mata e outros que foram arremessados dentro do rio.