Secretaria de Saúde está preparada para início da vacinação contra a Covid-19

Secretaria de Saúde está preparada para início da vacinação contra a Covid-19

- in São Bento do Sul
139
0

A Secretaria de Saúde está preparada para iniciar a vacinação contra a Covid-19 em São Bento do Sul na quarta-feira, dia 20. Mas, tudo depende ainda da chegada da vacina e dos insumos por parte do Ministério da Saúde. Seguindo o Plano Nacional de Imunização, a 1ª fase no município vai contemplar os idosos acima dos 75 anos e todos os profissionais da Saúde.

Segundo a secretária de Saúde, Carmen Regina Binotto, toda logística por parte da secretaria está organizada, inclusive com os profissionais da Saúde e locais onde serão ofertadas as vacinas nesta 1ª fase. “Os profissionais estão se voluntariando e alguns, chamamos de suas férias para auxiliar. Todos eles receberão treinamento. Estamos apenas aguardando o parecer positivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o envio das vacinas por parte do Ministério da Saúde aos governos estaduais. Nossa parte, que é a logística, está pronta. E estamos prontos para aplicar a vacina”, comentou.

Além das equipes, a Secretaria já definiu os locais onde a dose será aplicada. São elas: ESF 3 (Centenário), ESF 6 (Cruzeiro), ESF 2 (Serra Alta) e o Posto Central. Também, no Ginásio Annes Gualberto será montada uma central de vacinação e a secretaria está analisando um espaço para a vacinação na modalidade drive-thru. “Os profissionais da Saúde serão vacinados nos seus próprios locais de trabalho. Já os idosos acima de 75 anos poderão se dirigir a uma das quatro unidades para serem imunizados”, explicou Carmen. Aproximadamente, 3,8 mil pessoas serão imunizadas nesta fase.

A enfermeira responsável pelo Centro de Vigilância à Saúde, Cristiane Jantsch Sestrem, explica ainda que a secretaria também está preparada caso haja necessidade de expandir os locais de vacinação, mas solicita à população que se respeite o grupo prioritário desta 1ª fase. “O país seguirá um plano e sabemos do anseio da população pela vacina, mas foram realizados estudos para definir a priorização. O objetivo é minimizar as mortes, evitar o colapso nos hospitais e proteger a linha de frente”, disse.

A diretora de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Ildemara dos Santos Garcia, explica que as doses serão contadas e há uma fiscalização por parte da Vigilância do Estado. Por isso, não haverá exceção e a secretaria seguirá a priorização.

Insumos – Além da vacina, o Ministério da Saúde enviará aos municípios os insumos que serão utilizados para a vacinação da Covid-19, incluindo as seringas e agulhas. Com o aval da Anvisa e do Ministério da Saúde, inicia a distribuição para os estados, centrais regionais e, por fim, aos municípios. “A Secretaria de Saúde conta com um estoque de seringas e agulhas, mas já realizamos a compra de 70 mil seringas e 13.500 agulhas para um reforço na vacinação da Covid e também para outras campanhas”, comentou a secretária de Saúde.

Reunião – Toda a logística de início da vacinação contra a Covid-19 e assuntos relacionados à pandemia são abordados em reuniões online realizadas às quintas-feiras por uma comissão formada por médicos, enfermeiros, diretores e profissionais da Secretaria de Saúde e do Centro de Vigilância à Saúde. Esta equipe estuda as normativas, os planos de ações nacional e estadual para organizar as diretrizes que deverão ser seguidas no município.

Foi através destas reuniões e atendendo a uma solicitação do prefeito Antonio Tomazini e do vice-prefeito, Tirso Hümmelgen, que a Central de Covid está aberta desde o dia 4 de janeiro. “Temos, em média, cerca de 100 atendimentos por dia e fomos informados que houve uma diminuição em atendimentos de casos de síndromes gripais pelo hospital. O prefeito e o vice não estão medindo esforços em ações da Saúde para atender a população ”, destacou a secretária de Saúde.

A Central de Covid funciona na unidade da 1º de Maio, no bairro Colonial, e atende diariamente, inclusive aos finais de semana, das 7 às 22 horas. No local, dois médicos e toda a equipe auxiliar estão disponíveis para atendimento.

Cuidados não devem parar – Mesmo com o anúncio da vacina para a Covid-19, a Secretaria de Saúde solicita à população que as medidas de prevenção devem continuar. “A Covid não vai desaparecer após a vacina, por isso, o uso da máscara, o distanciamento, e a higienização das mãos não podem parar. Nos ajudem a ajudar vocês”, pede Carmen.

Viviane de Vargas Miranda

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Resultado Trimania: Semana que vem R$500 mil reais no 4º Prêmio

Sorteio ocorreu na manhã desta terça-feira devido ao decreto estadual. Próximo sorteio terá R$500 mil reais no 4º Prêmio.