Santa Catarina é o 5° estado que mais gera energia solar

Santa Catarina é o 5° estado que mais gera energia solar

- in Santa Catarina
279
Comentários desativados em Santa Catarina é o 5° estado que mais gera energia solar

Por ASCOM | SICOS  

Santa Catarina está em 5° lugar no ranking de maiores produtores de energia solar no Brasil, totalizando 1397,8 megawatts de potência instalada. De 2021 para 2023, o estado subiu duas posições. Além disso, Florianópolis lidera o ranking de municípios com 854,5 MW de potência. Os dados de junho foram divulgados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em parceria com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar) e referem-se à geração distribuída, ou seja, energia gerada no local de consumo ou próximo. 

Os estados à frente de Santa Catarina na geração distribuída de energia solar são São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. Para o governador Jorginho Mello, Santa Catarina está indo bem em relação à energia solar. “Nosso governo está investindo no setor energético. Queremos fornecer mais energia de qualidade para o setor produtivo e para a população garantindo desenvolvimento, emprego e renda. As fontes limpas fazem parte do nosso projeto e a solar é uma fatia importante. Criamos a Secretaria de Meio Ambiente e Economia Verde justamente pra olhar pro meio ambiente e o desenvolvimento em conjunto”, enfatiza. 

Para o secretário da indústria, do comércio e do serviço, Silvio Dreveck, o mercado de energia solar está em amplo crescimento no Brasil e em Santa Catarina. “De acordo com o estudo, no país, a energia solar gera mais de R$151,7 bilhões em novos investimentos e mais de 918,4 mil novos empregos. Em Santa Catarina não é diferente, temos um setor em ascensão que vai movimentar nossa economia, gerando oportunidades e renda”, destaca. 

Para a secretária do Meio Ambiente e da Economia Verde (Semae), Sheila Meirelles, mesmo o estado estando em uma região mais fria, há alta incidência solar.” Além de condições de geração favoráveis, o estado conta com incentivos. A energia limpa gera impactos econômicos e ambientais e Santa Catarina tem tudo para seguir esse ritmo e continuar como um dos protagonistas da expansão solar no país”, explica. 

Brasil acumula recordes de geração de energia solar 

A energia solar fotovoltaica é a segunda matriz elétrica mais utilizada no Brasil, representando 14,3%. Segundo dados do Sistema Interligado Nacional (Sin) a fonte solar  atingiu novos recordes de geração de energia: 3% da oferta de energia elétrica no Brasil foi gerada por placas fotovoltaicas em abril de 2023. Além disso, a média diária em 16 de maio foi de 5.360 MW médios, atendendo 7,4% da demanda por eletricidade do Brasil. Por fim, a energia solar arrecadou mais de R$ 44,5 bilhões em tributos no Brasil. 

Assessoria de Comunicação da Indústria, do Comércio e do Serviço
Pablo Mingoti | [email protected]

Facebook Comments

You may also like

MPSC alerta que academias só podem funcionar com instrutores físicos habilitados

os profissionais que ministram treinamentos físicos, bem como dietas alimentares, devem ter formação específica