Projeto para construção de um planetário em Oxford

Projeto para construção de um planetário em Oxford

- in São Bento do Sul
79
0

EBM Denise Harms terá projeto de ampliação
Na manhã desta quarta-feira, dia 9, o prefeito Antonio Tomazini, acompanhado do secretário de Educação, Josias Terres, esteve na Escola Básica Municipal Denise Christiane Harms, no bairro Cruzeiro. O objetivo da visita foi verificar a estrutura da unidade que irá receber um projeto de ampliação.

Conforme explicou o secretário Josias, a escola tem uma grande demanda por conta da quantidade de alunos, deste modo uma ampliação deverá ser realizada para atender os estudantes também em período integral. “Será realizada a ampliação de três salas de aula, nova secretaria, quadra coberta e área de recreação para os alunos. O projeto ainda está sendo desenvolvido pelo nosso setor de engenharia e assim que concluído, daremos seguimento para as adequações”, disse.

Para o prefeito, a educação é a base de tudo, por isso a escola atendendo em período integral irá contribuir ainda mais com o desenvolvimento do ensino das crianças. “Com o ensino em tempo integral a criança tem acesso a uma variedade de atividades, o que inclui as extracurriculares, que garantem uma formação mais completa. Deste modo, o projeto de ampliação é necessário para melhorar o ambiente escolar para os alunos e professores”, destacou.

Projeto para construção de um planetário em Oxford

As autoridades também estiveram na Praça Leopoldo Rudnick, no bairro Oxford, onde foi apresentado o esboço do projeto de um planetário, um ambiente tecnológico projetado com a finalidade de fazer simulações de céu estrelado noturno e diurno, visão de planetas, sol, lua, e demais objetos do sistema solar, objetivando maior semelhança possível com a realidade.

Conforme explicou a diretora de Programas e Projetos da Secretaria de Educação, Suzana Kotovicz Teles, o projeto ainda está no início, mas a ideia é conversar com a comunidade local e com o doador do terreno da praça, além de buscar recursos para que possa ser desenvolvido. “Se tudo der certo, conseguiremos os recursos através do FIA (Fundo para Infância e Adolescência) ou até mesmo de verbas parlamentares. Vamos correr atrás para que seja mais uma atração para os nossos alunos”, explicou.

Também participaram das visitas a vereadora e presidente da Câmara, Carla Hofmann, vereadora Terezinha Maria Dybas, diretora de Ensino, Tatiane Alves Schroeder, e o engenheiro civil, Ariel Poletto

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Vereadores pedem melhor salário aos profissionais da enfermagem

Alguns vereadores se pronunciaram solicitando que profissionais da