Projeto Hortas do Saber dá os primeiros passos na parceria entre as Secretarias de Estado da Agricultura e Pecuária e da Educação

Projeto Hortas do Saber dá os primeiros passos na parceria entre as Secretarias de Estado da Agricultura e Pecuária e da Educação

- in Santa Catarina
238
Comentários desativados em Projeto Hortas do Saber dá os primeiros passos na parceria entre as Secretarias de Estado da Agricultura e Pecuária e da Educação

A Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (SAR) entregou 50 caixas de sementes de hortaliças para a Secretaria de Estado da Educação (SED) destinar às escolas estaduais. Essa ação marca o início da parceria no projeto Hortas do Saber – Cultivando Conhecimento e Sustentabilidade, para fortalecer e incentivar a consolidação de hortas pedagógicas nos ambientes escolares.

A educação alimentar e nutricional é uma diretriz do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e está contemplada no currículo em Santa Catarina. O projeto soma forças nesse objetivo com a proposta de capacitar os coordenadores pedagógicos das escolas da rede pública estadual de Santa Catarina para implantação das hortas em todas as unidades escolares do estado.

O secretário de Estado da Agricultura e Pecuária, Valdir Colatto, avalia que essa é uma forma de ampliar a consciência sobre os cuidados com o meio ambiente e com a segurança alimentar. “Plantando e cultivando, os estudantes terão a oportunidade de entender de onde vêm os alimentos, que serão produzidos na própria escola e a importância da agricultura. Essa parceria é fundamental para integrarmos as práticas agronômicas com as pedagógicas”, afirma Colatto.

A técnica pedagógica em Educação Alimentar e Nutricional da SED, Euclídia Dalsasso explica que essa é uma importante ferramenta de segurança alimentar e nutricional, em um laboratório a céu aberto. “Esse programa vem fortalecer todas as ações e projetos de educação alimentar e nutricional que já acontecem nas escolas. Certamente as sementes irão plantar muitos conhecimentos nos alunos, porque tudo que se aprende na sala de aula é possível vivenciar na prática através do protagonismo dos estudantes”, afirma Euclídia. 

A nutricionista responsável técnica da alimentação escolar da SED, Silvia Alexius, destaca que “esse programa permite que se aplique a educação alimentar e nutricional, mostrando a importância de cada alimento, cada nutriente e todo significado que tem a produção do alimento desde a sua origem, para que se faça a educação alimentar e nutricional. É uma forma de incentivar o consumo de uma alimentação mais saudável, priorizando aspectos da saúde”, enfatiza.

Facebook Comments

You may also like

Colisão entre carro e viatura da Polícia Militar deixa três feridos na BR-163

Dois soldados da PM foram hospitalizados . Acidente ocorreu na região Oeste de SC