Polícia Civil prende mulher em Campo Alegre

Polícia Civil prende mulher em Campo Alegre

- in São Bento do Sul
512
0


Na tarde desta quarta-feira (11), a DIC – Divisão de Investigação Criminal de São Bento do Sul – cumpriu mandado de prisão temporária expedido pela justiça de Canoinhas, em desfavor de uma mulher de 27 anos.
Após solicitação de apoio recebida da Polícia Civil de Canoinhas, a equipe da DIC localizou e prendeu a jovem na localidade de Bateias de Baixo. Além disso, os policiais cumpriram mandado de busca e apreensão em uma residência e verificaram outros endereços, no intuito de recuperar objetos roubados. Alguns itens de origem duvidosa foram apreendidos e encaminhados para Canoinhas, assim como a presa.
A ação integrou a operação “Refrenata”, desencadeada pela DIC de Canoinhas nesta manhã. A investigação, que se iniciou em março de 2019, desarticulou organização criminosa responsável pela prática de violentos crimes de roubo cometidos na região de Canoinhas, revelando-se que os delitos eram articulados e executados por criminosos organizados na prática de crimes patrimoniais para posterior fomento dos crimes de tráfico interestadual e internacional de drogas, associação para o tráfico de drogas, adulteração de veículos, lavagem de capitais, dentre outros.
A operação policial objetivou o cumprimento de 13 mandados de prisão, preventivas e temporárias, além de 12 mandados de buscas e apreensão, trabalhos desenvolvidos nas cidades de União da Vitória, General Carneiro, São Matheus do Sul, Paulo Frontin, todas localizadas no Estado do Paraná.
Também restou cumprido mandado de busca e prisão na cidade paranaense Mercedes, localizada às margens do Rio Paraná, fronteira com o Paraguai, diligência está cumprida por agentes policias civis de Canoinhas e pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (DFRC/DEIC/SC).
Em Santa Catarina, até o momento, duas pessoas foram presas nas cidades de Jaraguá do Sul e São Bento do Sul, totalizando 10 pessoas presas e apreendidos vários objetos relacionados aos crimes investigados, além de diversas armas de fogo e munições.
Os trabalhos foram desenvolvidos com auxilio operacional da Delegacia Regional de Porto União (DIC e SIC), da Divisão de Investigação Criminal de Mafra (DIC), Divisão de Investigação Criminal de Jaraguá do Sul (DIC), Divisão de Investigação Criminal de São Bento do Sul do Sul (DIC), Polícias Civil e Militar do Estado do Paraná, DEIC/SC e COPE/PR.
Refrenata, em latim, significa repressão, objetivo primordial da Polícia Civil de Canoinhas que rotineiramente realiza trabalhos de polícia judiciária resultando na solução de crimes graves e prisões de indivíduos de alta periculosidade.

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

15 novos casos em São Bento

Dois casos estão na enfermaria e 13 se recuperam em casa