OPERAÇÃO CONJUNTA DO 38º E 23º BATALHÕES DE POLÍCIA MILITAR RESULTA NA PRISÃO DE SUSPEITOS DE TRÁFICO DE DROGAS APÓS TROCA DE TIROS

OPERAÇÃO CONJUNTA DO 38º E 23º BATALHÕES DE POLÍCIA MILITAR RESULTA NA PRISÃO DE SUSPEITOS DE TRÁFICO DE DROGAS APÓS TROCA DE TIROS

- in Mafra
213
0

Na quinta-feira, 2, por volta das 16h30, Policiais Militares do 38º BPM (Mafra), 3ªCIA/23ºBPM (Rio Negrinho) e 23º BPM (São Bento do Sul), após levantamento das Agências de Inteligência dos 3 municípios e da Polícia Civil em Mafra, deslocaram até o bairro Km 09, na tentativa de cumprir um mandado de prisão, pelo crime de roubo majorado (roubo/assalto com uso de arma de fogo, grave ameaça e violência), o homem é suspeito de pertencer a uma organização criminosa, conhecida como PCC.
O local onde se deflagrou a operação era utilizado para o tráfico de drogas e armazenamento de produtos de furto.
Ao chegarem na residência os policiais foram recebidos com disparos de arma de fogo, sendo que durante a troca de tiros um dos suspeitos foi alvejado, ele atirava contra os militares, o homem não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Foram apreendido um adolescente e presa em flagrante uma mulher, ambos por suspeita de tráfico e associação ao tráfico de drogas. Na casa os policiais apreenderam: 1,65 quilos crack, trezentos e vinte gramas de maconha, setenta e sete gramas de cocaína, balanças de precisão, apetrechos comumente utilizados para o tráfico de drogas e certa quantia em dinheiro, além de 2 revólveres calibre 38 e munições. Todo material apreendido foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Mafra, para às providências cabíveis. O Instituto Geral de Perícias (IGP) e a Polícia Civil de Mafra, que estiveram no local e assumiram a ocorrência, para as demais providência

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode querer ler também...

Musico mafrense morre tragicamente em Joinville

O mafrense era músico e fazia dupla com Lorenzo "Bryan & Lorenzo" e cantavam nas noites em barzinhos de Joinville e região. Robson Oliveira era uma pessoa carismática, levava alegria por onde passava, sempre alegre e brincalhão com seu círculo de amigos.