Mutirão de ultrassonografias – Exames realizados reduzem fila de espera

Mutirão de ultrassonografias – Exames realizados reduzem fila de espera

- in São Bento do Sul
213
0

Um dos grandes desafios da equipe da Secretaria Municipal de Saúde é conseguir atender a demanda pelos exames solicitados aos pacientes que buscam por atendimento médico nas unidades de saúde do município.

Um dos setores que mais atuam nessa dinâmica de providenciar a realização dos exames é o TFD – Tratamento Fora do Domicílio, departamento que conta com dez servidores municipais da saúde em tempo integral trabalhando para organizar o encaminhamento e agendamento de exames, dentro e fora de São Bento do Sul.

Dentre as dezenas de exames realizados, um dos que mais represam filas por atendimento são as ultrassonografias.

Só para se ter ideia, em dezembro do ano de 2017 eram 7.926 exames represados aguardando pelo atendimento, que poderia demorar alguns anos para ocorrer.

Já no que refere-se aos exames realizados, um grande esforço para conseguir atender a demanda e ainda reduzir a quantidade de exames represados.

Como a quantidade de exames excedente é muito alta, em dezembro último a Secretaria Municipal de Saúde iniciou um mutirão para realização de ultrassonografias, trabalho que iniciou com os recursos originados de uma emenda parlamentar de custeio de média e alta complexidade que totalizou R$ 235.477,50.

Com estes recursos em mãos então a equipe do TFD da Secretaria de Saúde iniciou uma grande operação para realizar o mutirão das ultrassonografias com a meta de zerar a fila de espera pelo exame até dezembro deste ano.

A coordenadora do TFD, Evelise Grobe, destacou o empenho de toda a equipe e inclusive de profissionais de outros setores da Secretaria de Saúde. “Foi realmente uma grande operação. Todos os profissionais da equipe, além de suas responsabilidades, dedicaram-se também para a organização e operação deste mutirão. Diversos profissionais de outros setores também contribuíram, e hoje reconhecemos a dedicação de todos para proporcionar o melhor atendimento para os usuários da saúde do município”, disse Evelise.

Com o contato telefônico ocorreu a triagem dos pacientes, identificando pacientes que já haviam realizado o exame de forma particular, pacientes que haviam perdido a guia de requisição do exame, pacientes morando em outro município e óbitos.

Após a organização dos agendamentos e a realização dos exames, o mutirão desde dezembro de 2019, já realizou 1.733 ultrassonografias, reduzindo significativamente a fila de espera dos pacientes.

Conforme os dados apresentados por Evelise, a fila de espera em 16 de junho está com 2.725 ultrassonografias por fazer, saldo considerado muito positivo se comparado aos totais anuais somados aos exames represados de três anos e meio atrás.

Conforme comentou Evelise, “em todo este trabalho realizado para atender os pacientes com a meta de zerar a fila de espera pelo ultrassom, o maior desafio que tivemos foi na organização deste mutirão, que é a fase mais trabalhosa do processo”, concluiu.

Joberth Krause – MTB 4280SC

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Acidente na Kaesemodel

Uma colisão entre carro e moto foi registrada