Município terá aplicativo para acompanhar preço do combustível

Município terá aplicativo para acompanhar preço do combustível

- in São Bento do Sul
72
0

Com o objetivo de utilizar a tecnologia para mapear o preço dos combustíveis praticados no município, o Procon de São Bento do Sul deve colocar em prática em breve, o aplicativo “De Olho na Bomba”, obrigando por meio de lei, que os postos atualizem a plataforma todas as vezes em que houver mudança no preço dos combustíveis.

A assinatura do convênio entre a Administração Municipal e a Universidade do Estado de Santa Catarina – Udesc, ocorreu nesta segunda-feira (15) no gabinete do prefeito Magno Bollmann e contou com a participação do reitor da instituição de ensino, professor Marcus Tomasi.

Também participaram do ato, o diretor-geral da Udesc em São Bento do Sul, Nilson Modro, o procurador do município, Giancarlo Grossl, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Adelino Denk, a diretora do Procon, Harriet Hackbart e o diretor de TI da Prefeitura, Paulo Ulick.

Assim que estiver disponível para baixar nas plataformas “Google Android”, o aplicativo permitirá o monitoramento de preços de combustíveis dos postos de abastecimento da cidade. Além disso, permitirá que o usuário possa registrar reclamações e efetuar denúncias ao Município em tempo real, podendo acrescentar fotos e documentos.

No aplicativo, o Procon também poderá publicar notas a título de informações aos consumidores, com assuntos relacionados ao direito do consumidor, que serão exibidas aos usuários do App.

Conforme Harriet, como o Procon não pode interferir no preço praticado pelos postos por se tratarem de iniciativas privadas, o monitoramento do valor praticado pode acabar inibindo possíveis práticas e facilitando a vida dos consumidores.

Para o prefeito Magno Bollmann, o aplicativo será mais um aliado para o consumidor na hora de abastecer o veículo. “A tecnologia tem nos permitido muitas facilidades, e agora em parceria com a Udesc, teremos mais uma ferramenta para auxiliar a população”, comentou.

Responsável por trazer a iniciativa do Ministério Público de Goiás, ao conhecimento da Administração Municipal, o procurador Giancarlo Grossl comemorou a criação do aplicativo em São Bento do Sul. “O Poder Público irá disponibilizar o aplicativo aos usuários de forma gratuita, inclusive disponibilizando para download no site da Prefeitura, a partir da data que estiver em vigor a futura lei municipal que determinará aos revendedores de combustíveis do município, a obrigação em fornecer os preços praticados”, explicou Grossl.

Assessoria de Comunicação

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

POLÍCIA CIVIL CUMPRE MANDADO DE PRISÃO PREVENTIVA CONTRA VEREADOR EM SÃO BENTO DO SUL

Conforme o delegado Gustavo Muniz Siqueira, da DIC, a investigação da Polícia Civil apura delitos de concussão supostamente praticados pelo suspeito, com seis casos apurados até o momento. No dia 6 de agosto, a Polícia Civil havia cumprido busca e apreensão no gabinete do investigado. A Policia não informou o nome do vereador