“INDESCRITÍVEL”, DIZ CAPITÃO QUE ENCONTROU CRIANÇA DE 2 ANOS EM SC

“INDESCRITÍVEL”, DIZ CAPITÃO QUE ENCONTROU CRIANÇA DE 2 ANOS EM SC

- in Santa Catarina
613
0

“A sensação é indescritível. Em quase 14 anos de profissão, eu nunca tive tamanha alegria”. A fala é do capitão Marcos Leandro Marques, do Corpo de Bombeiros, que auxiliou no resgate da menina Iara, de dois anos, que foi encontrada nesta manhã de quinta-feira (6), após quase 20 horas desaparecida, em Imaruí/SC. A polícia vai investigar o sumiço da criança.

O capitão contou que a menina foi encontrada saindo de uma trilha, próximo a uma mata, que fica cerca de 250 metros da casa onde foi vista pela última vez. A criança, segundo ele, estava acompanhada por um dos cães que havia desaparecido com ela. Ela chorava e chamava pelos pais quando os socorristas a encontraram.

Emoção

Capitão Marcos é pai de uma menina de nove meses e ressalta que ficou bastante emocionado pelo resgate. “Para gente que é pai, e trabalhando profissionalmente ali, a gente fica bastante emocionado. A sensação é indescritível. Em quase 14 anos de profissão, eu nunca tive tamanha alegria assim na corporação. Realizar esse resgate foi bastante emocionante”, conta.

Conforme Marques, a menina estava um pouco suja e bastante picada por mosquitos, mas as roupas dela estavam intactas. Também contou que ela estava com bastante fome, chorava e estava assustada.

Movimentação

Foram cerca de 20 horas de buscas, sem interrupção. Segundo o Capitão, duas equipes Binômio (cão e tutor), auxiliaram no resgate para tentar verificar a localização de Iara. Dois drones também foram empenhados nas buscas. Além disso, segundo Marcos, cerca de 100 militares entre policiais e bombeiros atuaram no resgate, que se revezaram durante toda a noite/madrugada.

Equipes de mergulhadores também realizaram buscas aquáticas, pois a havia um rio nas redondezas, com uma cachoeira.

Dificuldade

A equipe encontrou várias dificuldades durante as buscas pela criança. Segundo o Capitão, fatores como terreno acidentado, área de mata fechada e a presença de um rio próximo ao local preocupavam. A questão do frio durante a noite também preocupou.

“Foram inúmeras dificuldades encontradas nessa operação, que demandou bastante empenho de todas as equipes, tanto do Corpo de Bombeiro, Polícias Militar e Civil, Bombeiros Comunitários e populares que estavam no local, todos estavam trabalhando em prol dessa missão”, analisa.

Investigação

Conforme o Capitão, a Polícia Civil deve proceder as investigação “para verificar se ela ficou durante a noite perdida na mata ou se houve outro fato anexo a isso”. Em contato com a delegacia de Polícia Civil de Imaruí/SC, a reportagem do ClicRDC não conseguiu contato com a Delegada responsável, pois ela não estava no local.

Fonte Click RDC

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Acusado de tentar matar esposa com sanduíche envenenado é absolvido por júri popular

Um homem acusado por tentativa de feminicídio registrado