Homem que agrediu crianças divide cela com mais 15 detentos

Homem que agrediu crianças divide cela com mais 15 detentos

- in Santa Catarina
147
0


Em entrevista para a Rádio Cultura FM, o Diretor da Unidade Prisional de Indaial, Ricardo da Silva Morlo, informou que o detento que aparece em vídeo agredindo duas crianças divide a cela com mais 15 detentos.
Segundo Ricardo o detido foi alocado na cela denominada como segura dentro da unidade prisional. Segundo Ricardo os demais detentos ainda não tem conhecimento do crime praticado pelo detido, mas com os passar dos dias e com as visitas no local a noticia chegará ao conhecimento dos demais detentos
A prisão preventiva é de 10 dias, agora será o judiciário que vai realizar os procedimentos se mantem preso ou não. Ricardo também destacou somente em caso de risco maior que o detido poderá ser transferido de setor, em caso de risco da segurança do preso e demais internos. “A partir do momento que chega um preso no sistema prisional o estado é responsável pela sua integridade física

A prisão
O homem de 47 anos , que aparece em vídeo viralizado na web agredindo duas adolescentes foi preso na tarde desta quinta-feira (28) por determinação judicial da Vara Criminal da Comarca de Indaial.

O caso aconteceu no bairro Benedito , em Indaial, mas a Polícia Civil fez buscas e encontrou ele no bairro Itoupavazinha em Blumenau.

Segundo informações repassadas a reportagem pelo Delegado Romildo Parno, após o cumprimento do mandado de prisão, ele foi encaminhado ao presídio de Indaial, ficando a disposição do judiciário.

O homem suspeito de agredir física e psicologicamente as filhas menores de idade. Um vídeo, onde aparece o pai e as duas meninas, circulou pelas redes sociais e chegou ao conhecimento da autoridade policial de Indaial, que representou a prisão preventiva.

Ele foi indiciado pela prática do crime de tortura e pela prática de violência física e psicológica das filhas menores. O processo tramitará em segredo de Justiça

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

REFÉNS VIRAM “ESCUDO HUMANO” APÓS ASSALTO EM VIDAL RAMOS.

Quatro pessoas foram baleadas na ação dos meliantes que agiram nos mesmos que no assalto registrado em Pien no mês passado