Frank Bollmann: “Infelizmente estão denegrindo a imagem da Promosul”

Frank Bollmann: “Infelizmente estão denegrindo a imagem da Promosul”

- in São Bento do Sul
881
0

A diretoria da Promosul reuniu a imprensa para destacar as ações que estão sendo realizadas bem como prestar contas dos últimos episódios envolvendo a Fundação.
Coube ao empresário Frank Bollmann presidir a coletiva com a imprensa. Conforme entrevista para o Plantão da Liberdade FM, Bollmann ressaltou que a intenção da Promosul com a coletiva foi de dirimir dúvidas. “Na verdade existem muitos comentários maldosos em cima da entidade que existe há 23 anos e que promove o progresso do nosso empresariado, da nossa cidade e, para evitar esses comentários maldoso nós resolvemos dar resposta a nossa comunidade. Também em nome do presidente Osmar Mulbauer”, revela
Frank destacou que a Promosul realizou 326 eventos, foram mais de Dois milhões de pessoas que compareceram no Pavilhão, gerando uma receita para o município de mais de R$320 milhões nos 23 anos de atuação.

O Fundador da Promosul, citou que algumas pessoas infelizmente estão denegrindo a imagem da Fundação com acusações infundadas. “Somos uma fundação filantrópica, nós não queremos tirar proveito. É triste ver que pessoas, lideranças comunitárias começam a atacar pessoas de bem”, relacionou
Bollmann citou ainda sobre a operação da Polícia Civil onde um funcionário foi acusado de desvio de recursos. “Sobre isso nosso secretário executivo, vai se defender tenho certeza. É uma pessoa séria idônea está há 24 anos aqui. Foi fundador do Lions Clube de São Bento há 52 anos. É um trabalho de exemplo, e que infelizmente o nome dele foi jogado na vala comum, por denúncias infundadas. A gente espera que a justiça seja feita”, citou Bollmann
Para Bollmann a Promosul não foi idealizada para gerar receita e sim criar o desenvolvimento do município.

Custo da manutenção é de R$48 mil mês
Segundo Frank o custo de manutenção da Promosul é de R$48 mil mês, valores que são utilizados dos aluguéis da estrutura da Promosul. A direção já teve a ideia de fomentar mais eventos. Durante a coletiva o assunto foi levantado, e a informação repassada era de que uma empresa foi contratada para cuidar da vinda de mais eventos, mas infelizmente a proposta não decolou e a empresa que iria fazer a gestão de mais eventos conseguiu apenas um ou dois eventos de Feirão de Veículos, deixando a diretoria decepcionada.

Movel Brasil
Frank também citou a possibilidade da próxima edição da Móvel Brasil ser realizada em outro município, fato que o ex-prefeito ficou preocupado. Segundo ele seria uma falta de respeito com o próprio município e com os próprios expositores. “A Móvel Brasil em São Bento é reconhecida em todo o Brasil, ela sendo realizada em outro município perderá seu encanto, até mesmo porque não existe um Pavilhão na região com o modelo da Promosul”, relatou Frank. A mudança da sede da Móvel Brasil vem sendo debatida por algumas lideranças do setor moveleiro, mas divide opiniões. Um dos motivos da mudança do local séria pelo valor do aluguel. Segundo a diretoria da Promosul desde 2017 não ocorreu reajuste dos valores.

R$19 milhões
Frank citou ainda que em valores corrigidos ao longo dos 23 anos, a Tuper repassou R$19 milhões para o Hospital de forma corrigida. Na época da construção da Promosul a Tuper investiu um grande montante de valores na Promosul, os recursos não voltaram para o caixa do Tuper e sim foram revertidos para o Hospital

Confira Documento Completo da Promosul, desde sua Fundação

Diretoria da Promusul reuniu imprensa

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Acidente na Kaesemodel

Uma colisão entre carro e moto foi registrada