Estimativa do PIB de SC aponta crescimento de 5% na economia

Estimativa do PIB de SC aponta crescimento de 5% na economia

- in São Bento do Sul
131
Comentários desativados em Estimativa do PIB de SC aponta crescimento de 5% na economia

TwitterEmailWhatsApp

Foto: Eduardo Valente / Secom

O Governo de Santa Catarina informou a estimativa do resultado do Produto Interno Bruto (PIB), que aponta um desempenho acima do previsto para o país.  Nos últimos 12 meses encerrados em março, em relação ao mesmo período anterior, a economia catarinense voltou a acelerar, e cresceu 5%. Nesse mesmo período e mesma comparação, o avanço da economia brasileira é de 3,3%, também em março. 

Os bons dados da estimativa são em grande medida influenciados pelo crescimento dos serviços, que tiveram alta de 10,4% no primeiro trimestre, na comparação com o mesmo trimestre de 2022, quase o dobro da média brasileira, de 5,8%. 

Para o governador Jorginho Mello, a economia estadual encontra-se bem tracionada. “Nós temos um modelo econômico diversificado e competitivo, não tenho dúvidas de que vamos encontrar ainda mais espaço para seguir crescendo acima da média”, afirma. 

O secretário da Indústria, do Comércio e do Serviço, Silvio Dreveck, destaca o bom desempenho econômico do Estado e a sua competitividade diante das demais unidades da federação. “Temos um estado diversificado e um povo empreendedor, seguimos firmes, trabalhando em busca de um futuro de oportunidades”, destaca. 

Para o secretário do Planejamento, Edgard Usuy, o PIB é um indicador que permite análises para as decisões de gestão pública. “É sempre importante entendermos o que compõe o indicador, para identificarmos os pontos que merecem atenção especial. “A Seplan tem esse objetivo: de analisar tecnicamente os dados e as evidências e subsidiar o governador Jorginho Mello nas suas decisões, além de auxiliar as outras secretarias em suas atividades”, enfatiza. 

 A análise da estimativa do PIB é feita pelo economista Paulo Zoldan, agente de pesquisa da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan). Para ele, o cenário provável para o restante de 2023 é de desaceleração do PIB estadual, mas mesmo assim em patamares acima da média nacional. 

“Além de crescer sob uma base relativamente alta de comparação, a economia estadual não contará com a perspectiva de estímulos importantes do mercado interno, já que a economia brasileira tende a desacelerar. Além disso, as expectativas apontam para uma desaceleração da economia mundial como um todo neste ano, com as principais economias ainda impactadas por juros elevados e por problemas políticos e econômicos”, explica Zoldan.

Outros destaques 

Além do crescimento dos serviços, o avanço do comércio também foi relevante para o desempenho geral da economia. O varejo ampliado cresceu 7% na mesma comparação anterior, mais que o dobro da média brasileira, de 3,3%. 

A agropecuária também teve um desempenho importante. De forma geral, a agricultura catarinense vem apresentando um excelente resultado em 2023. Sem problemas climáticos relevantes, a produtividade avançou e permitiu mais um avanço do quantum agrícola. 

Os dados completos estarão disponíveis em breve no boletim econômico do Estado.

Assessoria de Comunicação da Indústria, do Comércio e do Serviço
Pablo Mingoti | [email protected]

Facebook Comments

You may also like

Resultado Tri Mania 10 – 12

1º SORTEIO R$ 14.000 REAIS Bolas chamadas01 02 03 05 06 07 09 10 13 14 15 18 19 20 23 24 26 27 29 30 33 34 35 37 39 40 41 42 43 44 46 48 52 53 54 55 56 57 60 Título