Crime de latrocínio na 418: Polícia continua nas investigações

Crime de latrocínio na 418: Polícia continua nas investigações

- in Joinville
437
0

Sergio Kammholz pilotava uma moto CB 650 na rodovia SC-418,
Vítima era proprietária de uma peixaria no bairro Aventureiro
Um homem de 39 anos foi morto a tiros na noite de quinta-feira, 26, em Joinville. Sergio Kammholz pilotava uma moto CB 650 na rodovia SC-418, em Pirabeiraba, quando ele e a esposa, que estava no assento do carona, foram abordados por dois homens em um carro.
Segundo a esposa, Lilian Gomes Alexandre Kammholz, ela havia pedido que ele parasse porque sentia câimbras e precisava esticar as pernas.
No momento em que a moto parou, os dois homens os levaram para uma rua paralela. Ela contou à Polícia Militar que, lá, eles mandaram Sergio deixar a moto ligada na direção da SC-418, o conduziu até o mato pedindo dinheiro e, depois, atirou aproximadamente cinco vezes. Ao voltar para a rua, ordenaram que a mulher tirasse e entregasse o capacete. Um deles embarcou na motocicleta enquanto o outro fugiu no carro, ambos em direção a Joinville.
De acordo com a Polícia Militar, os disparos atingiram Sérgio no rosto, no tórax e no braço. Lilian não sofreu ferimentos. A Polícia Militar foi chamada por moradores que ouviram o barulho dos tiros. O local foi isolado e a Polícia Civil e o IGP.
​Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a moto foi encontrada na manhã desta sexta-feira no acesso da BR-101 à Rodovia do Arroz, na Zona Industrial Norte. ​

Sérgio era proprietário de uma peixaria no bairro Aventureiro. Ele será velado na Capela do Plano Prever, na rua Tuiuti, no Iririú, e depois será cremado.
O delegado Eliezer Bertinotti, da Delegacia de Homicídios de Joinville, está investigando o caso. Ele é tratado como latrocínio (assassinato após roubo).

Motocicleta roubada após homicídio é localizada escondida às margens da BR 101 em Joinville
Policias rodoviários federais localizaram na manhã de hoje (sexta), na BR 101 em Joinville, uma motocicleta Honda CB/650 envolvida em um crime de latrocínio ocorrido ontem.
Os agentes desconfiaram de um sofá abandonado às margens do km 33 da rodovia sentido sul e foram verificar. O veículo escondido sob o móvel pertence a um empresário de 39 anos vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) ocorrido na noite de ontem no bairro Pirabeiraba.
O IGP (Instituto Geral de Perícias) da Polícia Civil foi chamado e compareceu ao local para colher indícios que possam ajudar no esclarecimento do crime.

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Governo do Estado tem até um ano para realizar melhorias na Serra

Caberá ao Estado definir como vai cumprir a sentença