Ciclofaixas são interligadas pelos bairros atendendo ao Plano de Mobilidade Urbana

Ciclofaixas são interligadas pelos bairros atendendo ao Plano de Mobilidade Urbana

- in São Bento do Sul
93
0

O Plano de Mobilidade Urbana de São Bento do Sul que entrou em vigência no ano de 2019, e que já conta com grandes ações implementadas, como o binário do Centro, ou o binário de Oxford, ou as obras de acessibilidade com 11 quilômetros de novas calçadas construídas, segue com a implantação das ações de curto prazo, e o destaque fica por conta da ampliação das ciclovias no município.

No ano de 2017, São Bento do Sul contava com 24 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas registrando na época 1 km de ciclovia (quando há barreira física entre a pista das bicicletas e a dos veículos) e 23 km de ciclofaixas (quando há somente sinalização na pista, pintura).

Após a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana e sua publicação via decreto, a prefeitura executou mais 5 km de vias para circulação de bicicletas, que totalizam uma malha cicloviária de 29 quilômetros em São Bento do Sul, para proporcionar maior mobilidade a pedestres e ciclistas.

Destes 29 quilômetros, 17 km estão interligados e permitem a locomoção do extremo norte do perímetro urbano (da ETE do bairro Cruzeiro) até o extremo sudeste (Loteamento Santa Fé no bairro Centenário). Aliás, para que todos estes 17 quilômetros estejam interligados, faltam somente 400 metros na avenida Argolo, que serão concluídos até o final deste ano.

Para quem desejar pedalar por todo este trajeto que envolve ciclovia, ciclofaixa e trechos de uso compartilhado (calçadas), as ruas são as seguintes:

Partindo do Centenário:

Rua Alberto Torres

Rua Augusto Wunderwald

Avenida dos Imigrantes (vai e volta)

Rua Thomas Vidal Teixeira

Rua Jorge Zipperer

Rua Benjamin Constant

Rua Barão do Rio Branco

Travessa José Zipperer

Rua Visconde de Taunay (Calçadão)

Avenida Argolo (faltando apenas um trecho de 400 metros)

Rua Antonio Kaesemodel

Rua Jorge Diener

Rua Francisco Pauli

Rua João Linzmeyer

Rua Walter Linzmeyer

Rua Tereza Linzmeyer

Rua Campo Tenente

Rua Iracema

Rua Mafra

Rua Monte Castelo (proximidades ETE Cruzeiro)

Aproximando-se dos 30 quilômetros de ciclovias (popularmente chamadas), o desafio agora é justamente trazer o público para estes espaços, utilizando suas bicicletas no dia-a-dia, seja no trajeto do trabalho, no trajeto da escola quando esta retornar a sua normalidade após o período de pandemia, ou simplesmente para fomentar o lazer e a prática esportiva.

O fato é que um grande trabalho foi realizado e assim continuará, pois mais bairros como Serra Alta serão interligados ao Centro, pois o Plano de Mobilidade Urbana de 2019 determina a realização destas ações. Agora cabe ao público encostar o carro ou moto na garagem e pedalar. Experimenta!

Joberth Krause – MTB 4280SC

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Obras na EBM Adélia Lutz iniciam e escola terá novas quadras esportivas

Mais uma importante obra na rede municipal de