Câmaras da região deverão apresentar pleitos conjuntos ao governo do Estado

Câmaras da região deverão apresentar pleitos conjuntos ao governo do Estado

- in São Bento do Sul
102
0

No próximo mês vereadores de Campo Alegre, São Bento do Sul e Rio Negrinho deverão se reunir em Rio Negrinho para discutir e formular um documento conjunto a ser endereçado ao governo do Estado reivindicando melhorias para a região. Um dos articuladores do encontro é o presidente da Câmara de Vereadores rio-negrinhense, Willian Righetto, o Billy, que, nesta terça-feira (12) apresentou a proposta ao presidente do legislativo são-bentense, Peter Alexandre Kneubuehler. Ainda esta semana Billy se reunirá com o vereador Tancredo Ronska, que preside a Câmara Municipal de Campo Alegre.
De acordo com Righetto são inúmeros os pleitos das três cidades a serem apresentados ao governador Carlos Moisés da Silva. “Temos deficiências em áreas primordiais como segurança, saúde, infraestrutura e educação e que necessitam de mais atenção por parte do governo do Estado”, opinou Billy. Segundo o vereador é momento dos poderes legislativos das três cidades cobrarem do executivo estadual as melhorias necessárias para o desenvolvimento da região. Uma cópia do documento a ser formulado pelos três municípios será entregue também ao presidente da Assembleia Legislativa, Júlio Garcia.
Para o presidente da Câmara de São Bento do Sul, Peter Kneubuehler, o momento é muito oportuno para a discussão conjunta e apontamento das necessidades dos três municipios. A exemplo do que aconteceu em 2014, quando o legislativo são-bentense promoveu o primeiro encontro com os parlamentares das três cidades, esta nova reunião deverá servir novamente para a elaboração de uma carta firmada por todos os parlamentares elencando as principais demandas apontadas pelos legisladores de cada município. A intenção é que cada parlamentar leve suas demandas por escrito ou as apresente verbalmente no encontro.
“Não é de hoje que o governo estadual está em débito com os municípios. Um exemplo é o atraso no repasse de verbas para o andamento de obras, que em muitos casos se arrastam anos para sair do papel”, exemplificou Billy. O presidente rio-negrinhense ainda apontou para o fato da região ter ficado orfã de um deputado estadual. “Isso faz com que tenhamos que buscar outras formas de levar nossas reivindicações ao governo estadual, motivo pelo qual buscaremos unir força entre os três municípios”, sugere Righetto.

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Vagas de Emprego Sine

O Sine de São Bento do Sul está