Atendimento em São Bento do Sul reforça importância de ações do Setembro Amarelo

Atendimento em São Bento do Sul reforça importância de ações do Setembro Amarelo

- in São Bento do Sul
168
0

Neste mês as atenções mundiais são voltadas para a preservação da vida. Aqui no Estado o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC), tem abordado o suicídio em diversas frentes, focando principalmente no diálogo. E foi assim que no último final de semana a equipe de São Bento do Sul conseguiu reverter uma situação.

A equipe de plantão chegou na residência de um homem de 50 anos, por volta das 18h40min de ontem, que estava disposto a terminar com a própria vida. Ele estava visivelmente abalado psicologicamente, esboçando um possível ataque suicida. Com a abordagem correta, embassada no diálogo, com um distanciamento seguro para todos, a equipe iniciou o atendimento e descobriu que era aniversário da vítima.

Após algum tempo de conversa, identificando fatores de proteção explorados, além da ténica de “sucesso anterior”, para reflexão positiva, os bombeiros conseguiram reverter a situação, conquistando a confiança do homem e, a convite dele mesmo, os soldados Januário e Igor foram convidados a entrar na residência para comer o bolo de aniversário dele. Todas as medidas de segurança foram tomadas antes de entrar na casa.

Com esta aproximação, os bombeiros convenceram o homem a ir até o Hospital e Maternidade Sagrada Família, em busca de suporte médico.

Além dos soldados Januário e Igor, também estiveram na ocorrência os bombeiros comunitários Prazmoski e Ruginsky, além de uma equipe da Polícia Militar, para apoio, caso fosse necessário.

Prevenção

Suicídio é um assunto sério. A cada 40 segundos uma pessoa morre por suicídio no mundo e a cada 03 segundos uma pessoa atenta contra a própria vida.

No Brasil são cerca de 12 mil suicídios por ano e mais de 1 milhão no mundo. Em Santa Catarina, apenas em 2020, já foram registradas, até o dia 31 de agosto, 2.678 tentativas de suicídio, a maioria realizada por mulheres na faixa de 20 a 29 anos. Além disso, foram 404 mortes até o dia 02 de setembro, principalmente de homens.

Fique atento e peça ajuda, ou ajude alguém, ao perceber as seguintes características:

– Isolamento;
– repetição de frases como: “preferia estar morto”, “eu não sirvo para nada”, “quero desaparecer”, “ninguém vai sentir a minha falta”;
– mudanças marcantes de hábitos;
– perda de interesse por atividades que gosta;
– alterações no sono ou apetite;
– piora no desempenho na escola ou no trabalho;
– descuido com a aparência.

Esses são sinais de alerta que podem indicar a necessidade de ajuda.

Procure suporte, ou ajude alguém. O Centro de Valorização da Vida possui um serviço gratuito, 24 horas por dia, pelo telefone 188, ou ainda por chat no site www.cvv.org.br.

Setembro Amarelo

Com o intuito de preservar mais vidas, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina está engajado no “setembro amarelo”, mês de prevenção ao suicídio e promoverá, nesta quinta-feira, 17, às 19h30min, uma conversa, transmitida ao vivo pelo canal do Youtube da corporação (youtube.com/cbmscoficial), trazendo informações sobre o tema.

Dois militares, formados em psicologia, além de uma psicóloga, trarão informações sobre cuidados e formas de prevenção.

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

STRAUSS LANÇA COLEÇÃO DE PORCELANAS

  Desde dezembro de 2017 a Strauss passou a fazer parte do Grupo Oxford, pertencente à WPA, holding das três famílias fundadoras da WEG.