Assinada a ordem de serviço para construção da UPA

Assinada a ordem de serviço para construção da UPA

- in São Bento do Sul
151
0

O prefeito Antonio Tomazini assinou nesta terça-feira (2), a ordem de serviço para início das obras da Unidade de Pronto Atendimento – UPA, em São Bento do Sul. Serão mais de R$ 8,2 milhões em investimentos para construir um novo espaço de atendimento à saúde da população. O ato ocorreu no terreno onde será construída a UPA e contou com a presença do vice-prefeito, Tirso Hümmelgen, dos vereadores Darlan Guliani, Terezinha Dybas e Ângelo Peschiski, servidores da Prefeitura e representantes da empresa TLC, responsável pela obra. 

Antes de assinar o documento, o prefeito destacou a importância deste projeto para o município. “Quero dizer que este é um momento de muita alegria, pois sabemos dos esforços que toda a equipe do governo municipal teve para o início desta obra. Será um avanço em relação ao atendimento humanizado e ágil na saúde pública. Sabemos da necessidade deste novo complexo e por isso, trabalhamos intensamente para que em um futuro próximo, possamos entregar a nova Unidade de Pronto Atendimento 24 horas”, disse.

O vice-prefeito, Tirso Hümmelgen comentou que esta é a confirmação do comprometimento com a gestão. “Foi um projeto feito em tempo recorde, pois iniciamos do zero, pensando na eficiência e qualidade. Um trabalho com a meta de oferecer uma melhor estrutura para a população”, destacou Tirso.

Representando a Câmara de Vereadores, o vereador Darlan Guliani destacou os benefícios que a nova UPA trará para a comunidade. “Parabenizo à Administração Municipal por esta obra e nos colocamos, como sempre, à disposição para futuros projetos de infraestrutura que venham a ser desenvolvidos em prol de nossa população. Este é um grande momento para todos”, disse Darlan.

Para o secretário de Saúde, Marcelo Marques, é um momento histórico para todos os são-bentenses. “Daqui alguns anos iremos nos lembrar deste ato, por isso quero parabenizar a todos que estiveram envolvidos neste processo, deste o início e desenvolvimento do projeto, no processo de licitação e agora, início das obras. Todos ficamos felizes com cada passo conquistado”, frisou.

Após a assinatura, as autoridades realizaram a vistoria no espaço que receberá a construção, onde o representante da empresa, Tiago Luy, e o secretário de Planejamento e Urbanismo, Ariel Stricker, detalharam ao prefeito e público presente como será o processo de construção da obra, que deverá ser finalizada no fim do próximo ano.

Projeto do novo espaço 

A Unidade de Pronto Atendimento – UPA ficará localizada na rua João Pauli, bairro Colonial, no antigo condomínio empresarial. Serão mais de 1.600 metros quadrados de área construída que contemplam: sala de espera; sala de cirurgia; sala de curativos; sala de raio-x; sala de observação; sala de distribuição de medicamentos; banheiros com acessibilidade; sala de urgência; posto de enfermagem; depósitos e almoxarifado; refeitório para os funcionários; vestiário; sala de atendimento social; consultório médico; sala de administração e direção; área de esterilização; recepção; sala de inalação; sala de observação pediátrica, sala de observação adulta; quartos de plantão; sala de ECG; sala de gesso e redução de fraturas; sala de higienização; posto policial; estacionamento público; área coberta para serviço funerário e acesso para ambulância.

Lembrando que o projeto foi desenvolvido pela equipe da Secretaria de Planejamento e Urbanismo e Secretaria de Saúde, em parceria com a Amunesc, e foi aprovado pela Vigilância Sanitária do Estado.


Obs: Em anexo áudio do prefeito sobre a obra

Jonei Marcos Schritki

Assessoria de Comunicação

Prefeitura de São Bento do Sul

—–

Departamento de Comunicação
Prefeitura de São Bento do Sul

Facebook Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

You may also like

Galho de árvore deixa um ferido na SC-418

ao acessar o acostamento para cruzar a rodovia deparou-se com uma árvore caída e um galho que entrou pelo para-brisa atingindo o passageiro na altura do pescoço, ocasionando lesão e impossibilitando de falar.