Abel Hack pede para que não seja cobrada a taxa de ligação do esgoto.

Abel Hack pede para que não seja cobrada a taxa de ligação do esgoto.

- in Rio Negrinho
547
0

Durante as votações dos Projetos que estavam na pauta da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Rio Negrinho na última segunda-feira, dia 11 de junho, o Presidente do Legislativo, Vereador Abel Hack disse que buscará atender pedidos de moradores e tentará abonar os pagamentos da taxa de instalação do esgoto sanitário nas residências.
Quando foi aprovado o Projeto de Lei Ordinária nº 2646/2018 que institui a Tarifa Residencial Social no SAMAE, que prevê a redução da tarifa para os usuários residenciais de baixa renda, Abel Hack afirmou que se reunirá com o Prefeito Júlio Ronconi para extinguir a cobrança de instalação do esgoto sanitário, feito pelo SAMAE aos cidadãos que solicitam o serviço à autarquia.
O Vereador Sílvio Kuss, entusiasmou-se com o pronunciamento do Presidente da Câmara e o apoiou. “Vamos juntar forças e conseguir encontrar um caminho pra que isso se concretize”, disse Kuss.
Abel Hack disse na Sessão Ordinária que a Câmara trabalha em prol da comunidade e por isso, se tiver solução de isentar todos os moradores (não só os de baixa renda) dessa cobrança da taxa de instalação do esgoto, assim será feito.

Os vereadores discutiram a proposta da Tarifa Social e aprovaram nessa segunda-feira (11). “A Tarifa tem seu valor fixado em 50% do valor da tarifa residencial até 10 m³, devendo ser requerida pelos interessados junto ao SAMAE, então, também podemos fazer estudos para isentar os cidadãos dessa taxa de instalação do esgoto, o que ajudaria em muito, pois já teremos onerações de pagamento do próprio esgoto sanitário que serão inseridas nas tarifas. Também precisamos dar importância e estudar a criaçãoda TBO”, disse Abel, se referindo a um pedido feito por requerimento de autoria do Vereador Ronei Lovemberger. Esse pedido é para criar no município a (Tarifa Básica Operacional – TBO ) para cobrança nas contas de água e esgoto.
A discussão para tais benefícios que facilitam a vida dos moradores giram em torno da opção do poder público dar acesso à população a bens fundamentais a uma existência digna. “E a água potável se destaca porque é crucial se quisermos diminuir os riscos de desenvolvimento de doenças na população”, relata Abel, que reafirmou que os vereadores (as) trabalham em prol da população, assim, tudo o que for para beneficiar todas as classes será estudado pelo Poder Legislativo

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Willian Righetto é eleito o novo presidente da Câmara

Vereador Willian Righetto – Billy é eleito o