Voluntárias da Casa da Amizade serão homenageadas na Câmara

Voluntárias da Casa da Amizade serão homenageadas na Câmara

- in Rio Negrinho
228
0

Na próxima semana, e também em alusão ao Dia Internacional da Mulher, lembrado neste 8 de março, a Câmara Municipal de Rio Negrinho prestará uma homenagem, através de uma Moção de Aplauso, às voluntárias da Casa da Amizade, também conhecida como Associação de Senhoras de Rotarianos.
Fundada em 04 de abril de 1968 e registrada em 28 de junho de 1979, a entidade presta diversos serviços à população rio-negrinhense e é declarada de utilidade pública municipal pela Lei nº 1.329/2000. A sede fica na Rua Carlos Lampe, 611, no bairro Ceramarte A proposição para a homenagem é da vereadora Liliana Schroeder Jurich com o apoio de todos os parlamentares.
Perto de completar cinco décadas, a entidade caminha paralelamente com o Rotary, tendo o mesmo objetivo, mas com vida própria. A associação prestadora de serviços tem caráter assistencial, moral e cultural, sempre sem fins lucrativos. “A entidade tem por finalidade cooperar e auxiliar entidades filantrópicas”, destaca a atual presidente da associação, Verenice Ribeiro dos Santos.
A associação desenvolve trabalhos junto a Pastoral da Criança, confeccionando enxovais para recém-nascidos, junto a Fundação Hospitalar através da produção de mantas e meias de lã para idosos. Além disso, atua junto ao Seminário São José. “Faremos ainda a doação de sacolas para medicamentos para a Secretaria de Saúde”, frisa Verenice.
Para a vereadora Liliana Schroeder Jurich, a homenagem é uma pequena demonstração pelo reconhecimento do trabalho realizado pelas voluntárias. “Além disso, a data nos dá a oportunidade para refletirmos sobre o dia internacional da mulher, que ao longo da nossa história, apesar de todas as conquistas que tivemos nos faz lembrar que ainda temos muitos passos a dar na busca de direitos”, defende.

Como tudo começou
No Brasil, a primeira Casa da Amizade surgiu em Bauru, SP, em 1938. No exterior, elas têm uma história ainda mais antiga. De 1905, quando o Rotary foi fundado, até sua expansão para a Inglaterra (1911), França (1921), Holanda (1922), Itália e Bélgica (1923), as mulheres de rotarianos formavam comitês com a duração das poucas festivas, recepções e iniciativas rotárias aos quais elas eram raramente convidadas.
Até que, em 15 de novembro de 1923, na cidade de Manchester, Inglaterra, 27 esposas de rotarianos se reuniram para criar uma associação permanente. Margarette Golding foi eleita presidente de um comitê da associação para convocar as companheiras que não haviam comparecido àquele primeiro encontro.
Na reunião seguinte, em 10 de janeiro de 1924, algumas iniciativas começaram a ser realizadas: fundos foram levantados e roupas de lã foram enviadas para hospitais locais. Na ocasião, Margarette sugeriu a nomenclatura Inner Wheel [roda interna, em português]. Em 1927, mais cinco entidades foram fundadas na Inglaterra e a ideia se expandiu para a Europa continental.

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

ANIMAL SILVESTRE FERIDO É ENCAMINHADO À POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL

Na manhã de sábado, 20, o COPOM (Central