Nove bairros recebem os ecopontos

Nove bairros recebem os ecopontos

- in São Bento do Sul
419
0

Foi concluída nesta sexta-feira (27), a entrega de mais dois ecopontos em São Bento do Sul. Os espaços são destinados para a coleta de materiais recicláveis e foram instalados nos bairros Serra Alta e Rio Vermelho Estação. Outros dois ecopontos foram entregues na segunda-feira (25), nos bairros Brasília e 25 de Julho.

A primeira comunidade a receber o ecoponto nesta sexta-feira (27) foi a do bairro Serra Alta. A solenidade ocorreu pela manhã, ao lado da Praça do CEU, onde o ecoponto foi instalado. “Houve todo um planejamento para implantar os ecopontos. Escolhemos os locais que facilitassem o depósito dos materiais pelos moradores”, contou o diretor presidente do Samae, Fridolino Van Den Boom.

O assessor técnico do Samae, Pedro Fürst, falou sobre o objetivo do ecoponto, que é o de criar uma consciência ecológica nas pessoas. “Precisamos mudar a nossa mentalidade. Criar uma consciência sustentável. E esse processo inicia em casa, quando separamos os materiais para reciclagem de forma correta”, comentou.

O prefeito Magno Bollmann parabenizou a iniciativa do Samae, destacando a importância em adotar atitudes que contribuem com o meio ambiente. “Além da destinação correta dos materiais, o projeto do ecoponto auxilia aos colaboradores da Cooperativa de Catadores, que receberão semanalmente os itens depositados pela população. Será um aumento na renda destas famílias que nos auxiliam a cuidar do meio ambiente”, disse.

A solenidade no bairro Serra Alta contou ainda com as presenças do diretor da Fiação São Bento, Andreas Broder, do gerente da Fiação São Bento, Toninho Gonçalves, do representante da Transresíduos, Antonio Schwirkowski, do vereador Claudiomar Wotroba, do vereador e analista de saneamento do Samae, Marco Redlich, além de secretários, servidores do Samae e comunidade.

À tarde foi a vez dos moradores do bairro Rio Vermelho Estação receberem o ecoponto. A estrutura foi instalada na Rua Antônio dos Santos, ao lado da Associação de Moradores.

O que são – Os ecopontos são estruturas metálicas adaptadas com aberturas e compartimentos próprios para recebimento de materiais recicláveis como garrafa pet, tampa, vidro, plástico, papel, papelão, embalagem longa vida, alumínio, pilha, bateria, eletrônicos e óleo de cozinha.
Grande parte do material depositado vai para a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de São Bento do Sul, com exceção dos eletrônicos que ficam sob responsabilidade da SBS Reciclagem.

Outros locais – Além destes novos espaços o Samae entregará outros dois ecopontos. As solenidades ocorrem no dia 31, no Loteamento Alpestre, ao lado do CEIM Silvio Ivens Grossl, e no dia 1º de agosto no bairro Mato Preto, próximo à Associação de Moradores.

Após a conclusão destas entregas o município contará com nove ecopontos. Os locais serão: no bairro 25 de Julho, na Rua Cedro, próximo à torre de telefonia; no Loteamento Alpestre, ao lado do CEIM Silvio Ivens Grossl; no bairro Brasília, na Rua Ladislau Jelinsky; no bairro Serra Alta, em frente à Praça do CEU; no bairro Rio Vermelho Estação, na Rua Antônio dos Santos, ao lado da Associação de Moradores; no bairro Mato Preto, próximo à Associação de Moradores; no bairro Progresso, na Avenida dos Imigrantes; no Centro, em frente ao Centro Administrativo Leopoldo Zschoerper (Este foi instalado em parceria com a empresa Condor S/A); e no bairro Oxford, na Praça Leopoldo Rudnick (Este em parceria com a empresa Oxford Porcelanas).

Lev – Outro espaço que contribui para a preservação do meio ambiente e que foi entregue pelo Samae nesta semana é o Local para Entrega Voluntária – LEV. Instalado na Rua Ladislau Jelinsky, no bairro Brasília, o local abriga contêineres para que a população possa descartar, gratuitamente, materiais como restos de construção, podas de árvores, madeiras, eletrodomésticos, sofás entre outros.

Além disso, o LEV conta com um depósito para lâmpadas, onde a comunidade pode descartar voluntariamente. O Samae é o responsável pela destinação correta dos materiais.

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Estado deve garantir acompanhamento especializado para alunos deficientes auditivos

A 1ª Câmara de Direito Público do TJ