Iniciado o Plano de Outorga do Transporte Coletivo

Iniciado o Plano de Outorga do Transporte Coletivo

- in São Bento do Sul
552
0

A Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo se reuniu, na semana passada, com a empresa Urbtec, contratada para a elaboração do Plano de Outorga. Desde então, são ao total, 180 dias de estudos para a concessão de transporte coletivo urbano no município. O trabalho é paralelo à elaboração do Plano de Mobilidade Urbana de São Bento do Sul.

Em nova reunião com o diretor da empresa de Planejamento, Engenharia e Consultoria, Gustavo Taniguchi, o secretário de Planejamento Luiz Claudio Schuves recebeu o plano de trabalho da empresa, que estipula todas as etapas ao longo desses 180 dias de trabalho. “Nessa reunião, solicitamos que fossem feitos todos os documentos e reunidos todos os dados pertinentes, como o balanço da concessionária, relatórios, despesas administrativas, mapas de linhas, pontos de ônibus e todos os dados referente à frota”, disse Schuves.

Além disso, o plano estabelece os itinerários, previsão da frota de veículos, metodologia e levantamentos, preço da tarifa, previsão de isenções, especificação da frota e obrigações para concessionária.

O objetivo é traçar um diagnóstico da atual situação do transporte coletivo em São Bento do Sul, e com isso, obter informações sobre a viabilidade econômica do serviço, que dará o valor real da passagem de ônibus. Para isso, o trabalho envolve a equipe da empresa e equipe de profissionais de arquitetura e engenharia da Secretaria de Planejamento. “Estamos vencendo mais uma etapa desse processo, obtendo um bom plano de outorga para que a comunidade tenha um transporte público de qualidade condizente com a nossa realidade”, completou o secretário.

Atual sistema de transporte

O atual sistema de transporte coletivo urbano de passageiros do município de São Bento do Sul funciona há 20 anos sob regime de concessão de serviço público, cujo prazo de vigência do contrato encontra-se prorrogado em caráter emergencial de modo a se evitar prejuízos à população são-bentense, estimada hoje em 80.000 habitantes.

As linhas urbanas de transporte coletivo percorreram em média 278.865 Km/mês e transportaram uma média 332.114 passageiros/mês no ano de 2016, sendo que destes somente 238.763 foram passageiros pagantes, os demais gozaram de descontos ou gratuidade garantida por Lei.

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Brasília ano 75 é atração onde passa

O seu Alfonso Staffen, morador do bairro 25