Detido acusado de matar médica em Mafra

Detido acusado de matar médica em Mafra

- in Mafra
908
0

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da Delegacia Interestadual de Capturas (Polinter), prendeu, na manhã desta quinta-feira, 19, em Palmas, Amilcar Santos Silveira, de 61 anos. Ele é suspeito pela prática dos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e tentativa de homicídio e foi capturado, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Conforme a delegada Suráia Carvalho Vilela, as equipes da Polinter receberam informações de que um foragido da Justiça da Comarca de Rio Negro – PR, estaria residindo em Palmas. Com base nas informações, os policiais civis deram início às diligências e conseguiram localizar o paradeiro do indivíduo e, na manhã desta quinta-feira, o mesmo foi capturado.

Após ser preso, Amilcar foi conduzido à sede da Polinter, onde a delegada deu cumprimento a ordem judicial de prisão do mesmo. Em seguida, o homem foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Rio Negro – PR, cidade para onde deve ser recambiado a fim de que possa responder às acusações que lhe são imputadas.

Fonte Polícia Civil Tocantins

Como foi a morte da médica
O corpo da médica Simone Pereira, 31 anos, foi encontrado enroscado em alguns galhos nas margens do rio Negro, que fica entre as cidades de Rio Negro (PR) e Mafra, em 23 de novembro de 2010. Simone já era considerada desaparecida quatro dias antes de ser localizada.

Os legistas concluíram que alguém asfixiou Simone antes de jogá-la na água.
Duas pessoas suspeitas tinham foram indiciadas, mas continuaram em liberdade.
Quando o caso veio à tona, a polícia passou a investigar três homens que teriam dirigido a caminhonete de Simone por algumas horas depois de supostamente terem encontrado o veículo com a porta aberta e a chave na ignição.
A caminhonete estava abandonada em uma região isolada de Rio Negro, sem o aparelho de som e com uma bolsa no banco do caroneiro. Mas nenhuma prova confirmou a participação dos três homens no crime. Três meses antes de Simone ser morta, o marido dela perdeu a vida em um acidente de trânsito. O detido teria motivado o crime para ficar com a guarda dos netos
Arquivo DC

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Governador inaugura nova ala do Hospital São Vicente de Paulo em Mafra com 10 leitos de UTI

O governador Raimundo Colombo inaugurou, neste sábado, 16,