Abertura do Maio Amarelo tem caminhada e simulação de resgate

Abertura do Maio Amarelo tem caminhada e simulação de resgate

- in São Bento do Sul
366
0

O público prestigiou a abertura do Maio Amarelo realizada na manhã deste sábado na praça Getúlio Vargas. O evento que iniciou às 9 horas apresentou ao público mensagens pela paz no trânsito, uma caminhada pelo anel central, e ainda uma simulação de acidente de trânsito e resgate envolvendo a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar de São Bento do Sul.

Para a cerimônia de abertura estiveram presentes o prefeito Magno Bollmann, vice-prefeito Marcio Dreveck, vereador Claudiomar Wotroba, secretário de Planejamento e Urbanismo Luiz Claudio Schuves, diretor do DETRU Marcio do Prado Lima, sargento Jean Carlo Camargo, que representou o comando da Polícia Militar de São Bento do Sul, e ainda policiais militares, equipe do SAMU, Bombeiros Militares, demais convidados e parceiros do evento.

Durante as mensagens, o prefeito Magno Bollmann elogiou a iniciativa do DETRU juntamente com seus parceiros pelas ações em prol da conscientização pela vida. Marcio do Prado Lima, diretor do DETRU, agradeceu o trabalho de todos os envolvidos para a realização dos trabalhos ao longo do Maio Amarelo.

Luiz Claudio Schuves, secretário de Planejamento e Urbanismo, disse em sua mensagem que “não adianta estarmos aqui projetando nossa cidade para 20, 30 anos, se as pessoas não priorizarem a educação no trânsito. Só assim é que todos teremos um futuro melhor no que se refere à segurança no trânsito”, disse.
Sargento Camargo, da Polícia Militar, destacou que o número de vítimas com acidentes de trânsito envolvendo motociclistas em São Bento do Sul é grande, e enfatizou a importância dos cuidados que os motociclistas devem tomar.

Já o vereador Claudiomar Wotroba pediu que todos os condutores de veículos tenham mais paciência e calma no trânsito para evitar situações de acidentes. Wotroba também mencionou o trabalho da administração municipal na construção do Plano de Mobilidade Urbana de São Bento do Sul e convidou o público para a audiência pública que acontece nesta terça-feira.

E por fim, o vice-prefeito Marcio Dreveck destacou alguns fatores que causam os acidentes de trânsito, principalmente a questão da imprudência dos condutores, que conduzem veículos utilizando celulares, com falta de atenção, e com manutenção precária. “É fundamental que todos se conscientizem dos riscos no trânsito”, disse.

Programação

A aluna Leslen Zimmermann Jungles dos Santos, da EEB Prefeito Carlos Zipperer Sobrinho, apresentou uma mensagem sobre o tema “Paz no Trânsito”.
Em seguida todo o público participou de uma caminhada em torno do anel central com o objetivo de levar a mensagem de conscientização do Maio Amarelo à população.
E por fim, todos assistiram a uma simulação de acidente de trânsito e resgate à vítima realizada na Travessa José Zipperer.
A simulação apresentou a situação de um condutor sob efeito de álcool que ao conduzir seu veículo atropelou um pedestre causando graves ferimentos no mesmo.
O Corpo de Bombeiros foi chamado e atendeu a ocorrência, simulando exatamente como ocorre nos casos reais.
Fato curioso foi que no momento em que o Corpo de Bombeiros era chamado para participar da simulação, conforme combinado, as duas ambulâncias dos bombeiros estavam atendendo duas ocorrências distintas, e o público precisou aguardar até que uma ambulância fosse liberada para participar da simulação.

Parceiros

São parceiros nas ações em prol do Maio Amarelo a Administração Municipal, Secretaria de Educação, DETRU, Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Estadual, equipe SEST SENAT, ASTRAN, SESC, Centro de Avaliação de Condutores Dom Pedro, Coletivos Rainha, Núcleo de Automecânicas da ACISBS, ACISBS, Ação Comunicação Visual, Germânia Supermercados, Lancatur, ASBCiclo, Circuito das Araucárias, Centro de Formação de Condutores Conceito, Centro de Formação de Condutores Universal, Univille e Nova Auto Elétrica.

Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo nasceu com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.
Acompanhando o sucesso de outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o “MAIO AMARELO” estimula você a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.
A marca que simboliza o movimento, o laço na cor amarela, segue a mesma proposta de conscientização já idealizada e bem-sucedida, adotada pelos movimentos de conscientização no combate ao câncer de mama, ao de próstata e, até mesmo, às campanhas de conscientização contra o vírus HIV – a mais consolidada nacional e internacionalmente.
Portanto, a escolha proposital do laço amarelo tem como intenção primeira colocar a necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar comportamento mais seguro e responsável, tendo como premissa a preservação da sua própria vida e a dos demais cidadãos.

Facebook Comments

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode querer ler também...

Veja os locais onde há paralisação dos caminhoneiros em SC

O único ponto com bloqueio total da pista